FAS E SECRETARIA DE EDUCA√?√?O DO AMAZONAS VISITAM INSTITUTO PERMACULTURA

4 de setembro de 2008 - A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e a Secretaria de Estado e Educação do Amazonas (SEDUC) iniciaram tratativas para realizar uma […]

A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e a Secretaria de Estado e Educação do Amazonas (SEDUC) iniciaram tratativas para realizar uma parceria pioneira na área de ensino, nas 34 unidades de conservação estaduais.  A idéia inicial é que o projeto-piloto seja na Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Juma, onde escolas modelos serão implantadas.  O conceito dessas escolas estaria relacionado com a Permacultura que significa cultura permanente.  Foi para conhecer de perto esse modelo que a FAS e a SEDUC visitaram o Instituto Permacultura da Amazônia (IPA), na manhã de ontem , 2 de setembro.  O IPA desenvolve estudos de como usar os princípios ecológicos para criar sistemas agrícolas economicamente produtivos, visando ao uso de tecnologias alternativas e naturais em favor da região amazônica.

O presidente do IPA, Carlos Muller, explicou que a Permacultura é um conjunto de práticas agrícolas de uso da terra, construída a partir da observação dos sistemas naturais, dos conhecimentos agrícolas tradicionais e do conhecimento científico.  No IPA, que está localizado na Escola Agrotécnica Federal, Muller mostrou aos visitantes como um automóvel pode funcionar à base de óleo de cozinha.  Ele também mostrou o sistema de aproveitamento das águas das chuvas, que serve para oferecer água potável aos moradores de regiões isoladas.  "São tecnologias simples que ajudam a evitar o desperdício e facilitam a vida das pessoas", salientou.

Pela FAS participaram do encontro o diretor técnico científico, João Tezza neto e o arquiteto Sérgio Santos.  A SEDUC estava representada por Marly Honda, João Marcelo, Regina Teixeira, José Augusto, Telma Prado, Rita Mara Garcia e a secretária adjunta do Interior, Magali Portela Regis.


Da esquerda para a direita: Profª.  Marly Honda, Profª.  Telma Prado, diretor técnico cientifico João Tezza, Profª.  Regina Teixeira, Carlos Muller, a s ecretaria adjunta do Interior, Magali Portela, a Profª.  Rita Mara, o arquiteto Sérgio Santos, os professores João Marcelo e José Augusto.

As atividades desenvolvidas pelo IPA foram pontos marcantes na visão da secretaria executiva da SEDUC, Profª Marly Honda, que disse ser esta uma iniciativa "maravilhosa, pois podemos aplicar em nosso cotidiano.  Saio com uma nova visão".  A secretaria adjunta Magali Portela completou: "aproveitar o que a natureza nos oferece, sem dúvida, é um grande aprendizado".

Newsletter