FAS 6 mil traz os primeiros resultados

18 de maio de 2009 - Em diferentes unidades de conservação, equipes de campo buscam atingir a meta de 6 mil famílias cadastradas no Programa Bolsa Floresta até junho

Por Marina Guedes
Fotos: Gracilete de Araújo

Distribuídas pelas 14 unidades de conservação no interior do Estado, as equipes de campo da Fundação Amazonas Sustentável (FAS) caminham para alcançar a meta de cadastrar 6 mil famílias no Programa Bolsa Floresta até o final do mês de junho. De volta a Manaus desde o último final de semana, mobilizadores e coordenadores de diferentes localidades comemoram os primeiros resultados.  


Jean Pereira mobiliza os moradores da comunidade Belo Monte, situada na RDS Amanã 

Na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Amanã – situada próxima ao município de Tefé – a equipe formada por Tânea Rodrigues, Jean Pereira, Suelen Castro e Gracilete de Araújo contou que as expectativas foram superadas. “Conseguimos sanar as seis pendências (como regularização de documentação) e cadastrar 120 novas famílias, como havia sido planejado. No total, voltamos com um saldo de 132 famílias aptas ao Programa Bolsa Floresta. Superamos em seis famílias a nossa meta”, disse Tânea.  

As atividades naquela regional, que tem a coordenação de Thiago Sotero, focaram nas comunidades Belo Monte, Porto Alegre, São João Ipecaçu, Monte Carmelo e Santa Isabel. Um dos fatos marcantes, conforme ressalta Rodrigues, foi atuar, pela primeira vez, na comunidade Monte Carmelo, normalmente de difícil acesso. Este ano, por conta da cheia que tem causado situação de emergência em todo o Estado, o acesso foi facilitado. 

 

Comunitários de Monte Carmelo apontam as potencialidades para o Bolsa Floresta Renda
 
“As pessoas estão muito esperançosas, mesmo com a chuva que tem causado muita destruição. Tem muita força de vontade e não deixam de participar das oficinas do Programa Bolsa Floresta”, lembra Jean Pereira. A definição da meta FAS 6 mil foi estabelecida durante oficina no Parque do Mindu, no mês de abril, em Manaus, coordenada pelos diretores Virgilio Viana e João Tezza.      

 

Newsletter