Lideranças comunitárias participam de Encontro sobre Bolsa Floresta

20 de abril de 2010 - II Encontro de Representantes das Associações foi promovido pela FAS

Fonte: Fundação Amazonas Sustentável

Por Monick Maciel

A Fundação Amazonas Sustentável – FAS promoveu o ‘II Encontro dos Representantes das Associações das Unidades de Conservação’, que teve como objetivo aperfeiçoar a implementação do Programa Bolsa Floresta (PBF) nas reservas através da discussão com as lideranças. O Bolsa Floresta é um programa voltado para a melhoria da qualidade de vida dos moradores das UC´s, por meio do combate à erradicação da pobreza, o apoio à organização social, a melhoria dos indicadores sociais e a geração de renda.

Encontro das Associações das UCs (Monick Maciel)

Encontro dos Representantes das Associações das UCs (Cred. Edgar Duarte)

O evento foi realizado na Travessa da Maromba, em Manaus, de 15 a 16 de abril, e contou com a presença de cerca de 30 lideranças das UC´s. Estavam representadas através de suas lideranças as unidades de conservação da RDS do Uatumã, RDS do Madeira, RDS Rio Negro, RDS do Juma, RDS Amapá, RDS Mamirauá, Florest Maués, RDS Uacari, RDS Cujubim e Resex Rio Gregório. Participaram também vários colaboradores da equipe técnica da FAS, coordenados pelo superintendente geral Virgílio Viana.

Prof Virgílio Viana (Monick Maciel)

Superintedente Geral da FAS, Virgílio Viana (Cred. Monick Maciel)

 

“O encontro, além de permitir uma verdadeira troca de experiências entre as associações beneficiadas pelo Programa Bolsa Floresta, também definiu prioridades e o planejamento das próximas atividades”, destacou o superintendente técnico-científico da FAS, João Tezza Neto.

Ele destaca que o clima geral do Encontro foi de grande otimismo e engajamento. “Saímos da reunião com a certeza de sermos parte de um projeto de grande relevância para a conservação das florestas e melhoria da qualidade de vida dos moradores das unidades de conservação”.  

Joao Tezza Neto e Abelor Jesus (Cred Monick Maciel)

 Superintendente Técnico-Científico da FAS, João Tezza, e Abelor Jesus, da RDS Amapá (Cred. Monick Maciel) 

Nos dois dias do Encontro, os comunitários puderam debater com os coordenadores Regionais vários assuntos relacionados ao Bolsa Floresta: visão das lideranças; os resultados, desafios e perspectivas; sistema de implementação e situação atual; como atingir os resultados esperados; planejamento; soluções para as dificuldades na realização da prestação de contas. Todos os coordenadores Regionais estavam presentes: Jousanete Dias (Regional Juruá/Jutaí), Mauro Cristo (Regional Madeira), Rosival Dias (Regional Solimões) e Valcléia Solidade (Regional Negro – Amazonas).

“O evento foi importante para mensurar o nível de entendimento das lideranças em relação ao Programa, as dificuldades que ainda existem, mas principalmente no sentido de a gente unifica o entendimento e compartilhar com eles o papel e a responsabilidade quanto a implementação do Programa Bolsa Floresta nas unidades de conservação”, afirmou Valcléia Solidade, que também é coordenadora geral do Programa.

Um dos grandes resultados do Encontro foi a capacitação dos presidentes de Associações para prestarem contas dos recursos recebidos por meio do Programa Bolsa Floresta Associação. A capacitação foi realização pela Coordenadora Administrativo-Financeira, Cirlene Elias.

Cirlene Elias (Cred Edgar Duarte)

Coordenadora Administrativo-Financeira, Cirlene Elias (Edgar Duarte)

“A capacitação é importante para o entendimento dos associados no cumprimento dos prazos e na legalidade da documentação”, destacou Cirlene Elias. Segundo ela, os participantes se sentiram mais motivados em terem adquirido esse conhecimento e perceberam que é essencial o entendimento e o cumprimento da legislação em todas as esferas: federal, estadual e municipal.

O presidente da Associação de Agroextrativista das Comunidades da Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Uatumã, Salomão Barbosa, traduziu o sentimento das lideranças.  “É uma oportunidade de aprender mais um pouco sobre prestação de contas do recurso que recebemos do Bolsa Floresta, que tem trazido muitos benefícios para as comunidades ribeirinhas”, disse.

Participantes do Encontro das UCs (Monick Maciel)

Participantes do Encontro das UC´s (Cred. Monick Maciel)

Já o presidente da Central das Associações Agroextrativistas de Democracia da RDS Amapá, Edmar Pereira, destacou que veio buscar no Encontro das Associações informações sobre o Bolsa Floresta para repassar às comunidades.

A tesoureira da RDS Uacari, Socorro Calisto, avaliou que a participação das mulheres nas discussões também contribuiu para o Programa como um todo. “Percebi que as mulheres contribuíram bastante com o debate. Conhecer melhor como devemos fazer a prestação de contas vai ser essencial para a gente atingir mais resultados”, disse.  

Acompanhe nossas notícias pelo TWITTER

Newsletter