FAS e Imbaúba promovem I Festival de Música da Floresta nas unidades de conservação do Amazonas

28 de julho de 2010 - Em busca da valorização do talento artístico dos guardiões da floresta, a Fundação Amazonas Sustentável (FAS) promove o I Festival […]

Fonte: Fundação Amazonas Sustentável

Em busca da valorização do talento artístico dos guardiões da floresta, a Fundação Amazonas Sustentável (FAS) promove o I Festival de Música da Floresta – FLORESTA FEST, que vai premiar os melhores intérpretes moradores das unidades de conservação ambiental atendidas pelo Programa Bolsa Floresta. O evento é realizado em parceria com o grupo Imbaúba.

A proposta do festival é reunir canções que contemplem temáticas sobre o cotidiano das populações amazônicas e seu universo cultural. Ao final de dez seletivas regionais, que reunirá representantes de 15 unidades de conservação, haverá a grande final em Manaus e a gravação de um CD com as músicas classificadas. Os três primeiros colocados serão premiados com R$ 5 mil (1º lugar), R$ 3 mil (2º lugar) e R$ 2 mil (3º lugar).  

O superintendente geral da FAS, Virgílio Viana, explica que o festival está diretamente ligado à missão da FAS que é promover o envolvimento sustentável e a conservação ambiental dos moradores das unidades de conservação. “Nossa intenção é valorizar o homem da floresta, fazer com que eles sejam valorizados na própria comunidade. Nossa visão é que a cultura é uma maneira de promover o envolvimento sustentável nessas comunidades”, afirma Viana.

FlorestaFest_Oficinas_MonickMaciel

Candidatos participam da oficina musical na RDS do Uatumã (fotos Monick Maciel)

A ideia de realizar o FLORESTA FEST nasceu de uma conversa à beira do rio entre Viana e o poeta Celdo Braga, líder do Imbaúba. Segundo Celdo, a “floresta precisa de uma voz, falando em primeira pessoa dos valores daqui”. Ele conta que, normalmente, as manifestações artísticas que falam sobre o interior estão permeadas de inserções panfletárias que não traduzem a realidade desse povo.

“Com esse Festival queremos entrar num universo de uma estética amazônica que permita mostrar os valores da floresta, mas com a fala daqui. Meu desejo é ver o homem ribeirinho, florestário, assumindo os seus valores, ele se reencontrando em seu espaço. Porque muitas vezes você está aqui (na floresta), mas não avalia a beleza da água, da floresta, a paz desse lugar”, afirma.

FlorestaFest(Monick_Maciel)

Virgílio Viana e membros do Imbaúba mostram cartaz do Festival

A equipe da FAS, Celdo Braga e Roberto Lima (voz e violão do Imbaúba) iniciaram as seletivas regionais no dia 10/07, pela Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Uatumã, na comunidade São Francisco do Caribi. A próxima seletiva será para moradores da RDS Rio Negro e APA do Rio Negro, no município de Novo Airão, no dia 14 de agosto.

Roberto Lima explica que um dia antes da seletiva regional é realizada uma oficina de noções básicas de composição, letra e música, com o apoio técnico-musical do grupo Imbaúba. Este é o momento em que os concorrentes recebem noções elementares de composição musical e poética para melhor traduzirem o universo cultural onde habitam.

FlorestaFest_CeldoBraga_Cred_MonickMaciel

Celdo Braga durante oficina musical

A coordenadora executiva da FAS e organizadora do evento, Isandra D´Ávila, afirma que o FLORESTA FEST espera encontrar talentos que possam ser os porta-vozes da beleza das unidades de conservação. Para participar do festival, D´Ávila afirma que é necessário ser morador das UC´s em que o Bolsa Floresta já foi implementado (RDS Amapá, RDS Amanã, RDS Canumã, RDS Catuá Ipixuna, RDS Cujubim, RDS do Juma, RDS Madeira, RDS Mamirauá, Florest Maués, RDS Rio Negro, RDS Uacari, RDS Uatumã, APA Rio Negro, Resex Rio Gregório, RDS Piagaçu Purus).

Ela explica ainda que as inscrições são gratuitas, e para participar do festival o candidato deve adquirir o formulário de inscrição juntamente com os presidentes das associações das UC´s ou técnicos da FAS, durante a visita técnica à reserva, conforme o prazo estipulado para cada seletiva regional. O edital completo está disponível em www.fas-amazonas.org ou baixe AQUI. 

FlorestaFest_Alcenira_Cred_MonickMaciel

 Alcenira Gomes venceu a seletiva na RDS do Uatumã

Alcenira Gomes vence seletiva regional da RDS Uatumã

A dona de casa Alcenira Gomes, 50, venceu a seletiva regional do I FLORESTA FEST com a música “Cabocla do Rio Uatumã”. Representando a comunidade do Arara, Alcenira se diz orgulhosa por poder representar a RDS Uatumã na final do festival, em Manaus, no final do ano.

“Nasci e fui criada aqui nesse rio. Nunca pensamos que um dia apareceria uma oportunidade dessas para nós daqui da selva amazônica, fico feliz porque daqui vão sair artistas para representar as nossas comunidades”, afirmou.

Cantando a beleza de ter nascido na floresta, Alcenira diz que presta uma homenagem à natureza através da canção. “A floresta é tudo para nós, é de onde tiramos o nosso sustento, o nosso alimento. O mundo precisa conhecer as nossas origens, precisa conhecer essas pessoas”, diz.

Como vencedora da seletiva regional, Alcenira recebeu a quantia de R$ 500, além de ter se classificado para a final do Floresta Fest e ter conquistado a participação em um CD do festival. O segundo lugar ficou com Josué de Castro, 35, com a música “Na batida do Remo”, e o terceiro lugar com Wilk Oliveira de Moraes, 19, com “Uatumã rio da Amazônia”.

FlorestaFest_Josue_Cred_MonickMaciel

Josué de Castro leva o segundo lugar na seletiva do Uatumã

 

Sobre a FAS

A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) é uma instituição público-privada, sem fins lucrativos, não governamental e sem vínculos político-partidários, fundada no dia 20 de dezembro de 2007, por meio de uma parceria entre o Governo do Estado do Amazonas e o Banco Bradesco. A missão da FAS é promover o envolvimento sustentável, a conservação ambiental e a melhoria da qualidade de vida das comunidades residentes nas 35 Unidades de Conservação do Estado do Amazonas, em uma área de mais de 16 milhões de hectares, por meio da valorização dos serviços e produtos ambientais. A FAS tem como prioridade implementar o Programa Bolsa Floresta, que é o primeiro projeto do Brasil certificado internacionalmente para recompensar as populações tradicionais pela manutenção dos serviços ambientais prestados pelas florestas. Para mais informações, por favor, visite nosso website: www.fas-amazonas.org.br.

Sobre o Imbaúba

O grupo Imbaúba foi criado em maio de 2007 pelo poeta Celdo Braga. O grupo empresta o nome de uma árvore que é símbolo de resistência, também conhecida como mãe-da-terra. Sua proposta é reunir nas matizes sonoras da natureza: a ritualidade tribal, as nuanças do canto dos pássaros, o etéreo bailar das árvores seculares da Amazônia, numa projeção sinestésica de ritmos e sons orgânicos que promovem a perfeita comunhão dos sentidos. É composto por Rosivaldo Cordeiro (violão e bandolim), João Paulo Ribeiro (percussão), Sérvio Túlio (contrabaixo), Sofia Amoedo (violão e voz), Roberto Lima (violão e voz) e o poeta Celdo Braga (flautas e efeitos). Contato: 9981-5799 Site: www.imbauba.art.br

Newsletter