Executivos do Bradesco visitam Núcleo de Conservação do Rio Negro

16 de dezembro de 2010 - Diretoria-executiva do Banco Bradesco, co-fundador e mantenedor da FAS, visitam pela primeira vez o NCS Agnelo Bittencourt, na RDS do Rio Negro

Fonte: Fundação Amazonas Sustentável

Reunidos em Manaus para o Ciclo de Encontros Apimec 2010, executivos do Banco Bradesco – um dos fundadores da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), ao lado do Governo do Amazonas – visitam amanhã (17/12) o Núcleo de Conservação e Sustentabilidade Agnelo Uchôa Bittencourt, na comunidade Tumbiras (Iranduba/AM), localizado na Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Rio Negro.

Vista aérea do NCS Agnelo Bittencourt

Vista aérea do Núcleo de Conservação e Sustentabilidade (foto: Monick Maciel)

Promovido pelo banco, o evento da Associação dos Profissionais e Investidores do Mercado de Capitais, realizado ontem e hoje, analisou questões relacionadas ao cenário macroeconômico, aspectos econômicos e financeiros do Bradesco e sustentabilidade atrelada aos negócios da instituição financeira. Especialmente convidada, a FAS apresentou suas ações voltadas ao apoio de comunidades ribeirinhas da Amazônia, destacando a questão da preservação das florestas.

Essas reuniões, que acontecem em vários estados e reúnem alguns dos principais executivos do Bradesco, têm o propósito de disseminar os principais acontecimentos da Organização junto ao mercado de capitais.

Sobre os Núcleos de Conservação e Sustentabilidade

O Núcleo de Conservação e Sustentabilidade conta com cinco construções – escola, casa familiar da floresta, casa do professor, posto de saúde e base operacional.

O NCS tem como missão oferecer uma educação diferenciada voltada para o desenvolvimento do capital humano nas áreas de floresta do Amazonas. A metodologia de ensino adota uma proposta pedagógica inovadora com o objetivo implantar um modelo de educação adaptado para a realidade local, pautado na valorização das potencialidades naturais e sócio-culturais da região.

Sobre a FAS – Fundação Amazonas Sustentável

A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) é uma instituição público-privada, sem fins lucrativos, não-governamental e sem vínculos político-partidários, fundada no dia 20 de dezembro de 2007, por meio de uma parceria entre o Governo do Estado do Amazonas e o Banco Bradesco.

A missão da FAS é promover o envolvimento sustentável, a conservação ambiental e a melhoria da qualidade de vida das comunidades residentes nas Unidades de Conservação do Estado do Amazonas, em uma área de mais de 10 milhões de hectares, por meio da valorização dos serviços e produtos ambientais.

A FAS tem como prioridade implementar o Programa Bolsa Floresta, que é o primeiro projeto do Brasil certificado internacionalmente para recompensar as populações tradicionais pela manutenção dos serviços ambientais prestados pelas florestas.

 

Newsletter