Secretário de Educação do Amazonas recebe alunos dos Núcleos da FAS

25 de setembro de 2012 - No I Intercâmbio de Saberes, estudantes de Unidades de Conservação (UCs) do Amazonas trocam experiências em Manaus

 
Secretário recebe alunos em gabinete da Seduc (Comunicação/FAS)

Alunos dos seis NUcleos de Conservação e Sustentabilidade (NCSs) estão em Manaus, desde o dia 22, para compartilhar pela primeira vez de uma experiência ímpar de conhecimento e cultura. Eles participam, até o dia 27, do I Intercâmbio de Saberes, uma iniciativa da Fundação Amazonas Sustentável (FAS) que reUne cerca de 40 participantes, entre alunos e professores. O objetivo da atividade é promover a troca de experiências sobre o ensino e a vida em comunidade, aperfeiçoando o aprendizado e valorizando a cultura local. Como parte da programação, neste dia 24, os alunos foram recebidos pelo secretário de Educação e Qualidade de Ensino, Rossieli Soares.

Vindos das Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDSs) do Rio Negro, Mamirauá, Juma, Uatumã e Área de Proteção Ambiental (APA) do Rio Negro, os alunos contam com uma programação que abrange educação e cultura, incluindo visitas a importantes espaços e instituições relevantes para o desenvolvimento e história do Estado do Amazonas.

Nesta segunda, 24, eles puderam conhecer o Centro de Mídias da SEDUC, onde são produzidas em tempo real as aulas assistidas nos NCSs da FAS. O Centro atende 34 mil alunos em todo o Estado, ganhando sete prêmios nacionais e três internacionais desde sua criação, 2007. As aulas são transmitidas via satélite, possibilitando que remotas localidades do Estado tenham lições de qualidade e em tempo real.

Alunos conheceram Centro de Mídias da Seduc, em Manaus (Comunicação/FAS)

O Secretário de Estado da Educação e Qualidade de Ensino, Rossieli Soares, fez questão de recebê-los pessoalmente e do gabinete, salientou a importância do evento.

“Nós da Seduc estamos muito felizes com a visita deles. Nossa parceria com a FAS é uma das mais legais, onde nós atendemos comunitários de diferentes reservas com uma qualidade de ensino. Vê-los aqui simboliza uma vitória pra história do Amazonas, que tem superado a cada dia cada dificuldade pra tornar a vida dos ribeirinhos com maior qualidade”, comenta.

Uma visita ao Instituto de Pesquisas da Amazônia (INPA) inaugurou as atividades da excursão, no domingo, dia 23. Ainda na segunda-feira, 24, os alunos conheceram a sede da FAS e trocaram experiências sobre o lugar que vivem. Eles foram apresentados a realidade dos outros NUcleos, espaços de sustentabilidade espalhados pelo Amazonas.

Para participar da iniciativa foram selecionados cinco alunos e um professor de cada NUcleo, por meio de um edital lançado em julho deste ano. Os melhores estudantes foram avaliados seguindo alguns critérios. Primeiro, um concurso de elaboração da bandeira, o símbolo do lugar onde estudam. Depois, o aproveitamento das disciplinas, aliadas a participação e envolvimento nas atividades na escola e no comportamento escolar em sala de aula. Para a seleção dos professores, foi proposta uma redação, com tema correlacionado a realidade local.

Para conhecerem também os problemas da cidade, os alunos visitaram ainda um igarapé degradado do centro urbano, quando puderam comparar com os imponentes e conservados rios de suas comunidades.

Até o dia 27, eles ainda conhecerão as instalações da empresa Samsung da Amazônia, uma das parceiras da FAS e participarão do Projeto Escola Cinemark, que já levou mais de 1.400 alunos de escolas pUblicas para a frente das telonas.

Centros de educação diferenciados

Os NUcleos de Conservação e Sustentabilidade (NCS) são centros de educação diferenciados voltados para a realidade socioambiental do Amazonas. A disposição dos alunos estão salas de aula, alojamentos, bibliotecas e posto de saUde. Construídos pela Fundação, já foram contempladas as RDSs do Rio Negro, Juma, Uatumã, Mamirauá e na Área de Proteção Ambiental (APA) do Rio Negro.

Fortalecendo a educação, um novo NUcleo de Conservação e Sustentabilidade (NCS) está em fase final de construção na Comunidade do Bauana, na RDS Uacari. As obras são fruto de uma parceria entre FAS e o Grupo HRT, que apoia as atividades da FAS na Reserva. Um segundo NUcleo está em fase inicial de construção. Com os dois espaços, a intenção é beneficiar diretamente alunos de 44 comunidades do município de Carauari.

Newsletter