Comunidades da Resex Rio Gregório recebem atendimento da Marinha do Brasil

15 de maio de 2013 - Articulação entre Marinha e FAS leva serviço médico-odontológico para famílias da reserva e entorno

Uma iniciativa inédita levou o barco Carlos Chagas, da Marinha do Brasil, até a foz do Rio Gregório, no Ultimo mês. Cerca de 150 pessoas receberam atendimento médico e odontológico nas comunidades Rivaliza, Paixão e Zacarias, inclusas na Reserva Extrativista (Resex) do Rio Gregório e entorno.

Uma articulação entre Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e Marinha do Brasil potencializou a iniciativa, em uma ação que contou com o apoio da Prefeitura de Eirunepé, da Associação de Moradores Agroextrativistas do Rio Gregório (AMARGE) e do Centro Estadual de Unidades de Conservação (CEUC).

O atendimento médico nas comunidades do Rio Gregório é difícil, dada a grande dificuldade logística. Para barcos de grande porte, o trajeto deve ser percorrido pelo Rio Juruá. “Este atendimento tem um significado muito importante uma vez que este serviço é pouco ofertado no local”, comenta o subcoordenador da Regional Juruá-Jutaí, Marcelo Castro.

Resex Rio Gregório

A Resex Rio Gregório é uma das 15 Unidades de Conservação (UCs) atendidas pelo Programa Bolsa Floresta (PBF). Recentemente a FAS entregou três escolas, construídas com recursos do PBF, por meio de uma decisão dos próprios comunitários. Atualmente são 25 comunidades inclusas no Programa, com 913 pessoas beneficiadas na geração de renda e melhoria da qualidade de vida.

Saiba mais sobre o Bolsa Floresta!

Newsletter