Revistas encalhe do Grupo Abril ampliam conhecimento de professores, alunos e comunitários do Amazonas

17 de maio de 2013 - A cada semana, desde fevereiro deste ano, edições da Veja, Recreio, Superinteressante, National Geographic, Exame e Nova Escola chegam aos Núcleos da FAS

 
Revistas Veja, Recreio, Superinteressante, National Geographic, Exame e Nova Escola, que chegam aos NCSs da FAS | Foto: Comunicação/FAS

A partir de uma parceria entre a Gerência de Sustentabilidade do Grupo Abril, com apoio da sua empresa de operação logística Treelog, e a Fundação Amazonas Sustentável (FAS), possibilitou a entrega de revistas aos NUcleos de Conservação e Sustentabilidade (NCS), dois localizados na RDS Juma e um nas reservas Rio Negro, Uatuamã, Mamirauá, e Apa do Rio Negro.

A cada semana, desde fevereiro deste ano, edições da Veja, Recreio, Superinteressante, National Geographic, Exame e Nova Escola, que não foram vendidas nas bancas e seriam descartadas ou recicladas, são encaminhadas aos alunos, professores e moradores das comunidades. Essas revistas entram na escola como forma de dinamizar as aulas e atualizar o conteUdo do material didático.

Para a coordenadora pedagógica da FAS, Venina Savedra, uma das principais dificuldades enfrentadas no processo de ensino no interior do Amazonas, é a falta de materiais didáticos adequados, diversificados e de qualidade para professores e alunos. “As revistas doadas pelo Grupo Abril oferecem oportunidade aos professores e alunos para ampliarem seus conhecimentos com conteUdos de qualidade e atualizado”, explica

Venina também esclarece que as atividades de incentivo a leitura, desenvolvidas pela FAS, ultrapassam os limites físicos das escolas, pois as revistas chegam até as casas de comunitários. “Neste ritmo, estamos conseguindo incentivar e atrair leitores no meio da floresta”,comenta a coordenadora pedagógica.

Segundo Paula King, da Gerência de Sustentabilidade da Abril, a empresa preza pela importância da educação e da qualidade da informação, como entretenimento de todos. “Estamos muito felizes em poder contribuir com a disseminação do conhecimento entre as comunidades ribeirinhas. E esperamos que essa atuação, que já virou parte do processo da nossa logística, possa agregar cada vez mais com informações do Brasil e até do mundo”, comenta Paula.

Newsletter