Bolsa Floresta entrega investimentos na RDS Uatumã

14 de agosto de 2013 - Projetos de avicultura e piscicultura são apoiados pelo componente Renda; cartões do componente Familiar serão trocados por novos

 
RDS Uatumã receberá novos cartões do Bolsa Floresta | Foto: Caio Palazzo

O Programa Bolsa Floresta (PBF) inicia nesta semana a entrega de equipamentos para projetos de renda na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Uatumã. Um total de 15 comunidades receberão investimentos para projetos que vão do roçado à piscicultura, no convênio 2013 do programa. Também serão trocados cartões do componente Familiar em 20 comunidades atendidas na reserva.

Dois projetos de piscicultura (manejo de pescado) serão implementados nas comunidades Bela Vista e Jacarequara, incentivados com a entrega de cinco tanques-rede de 10 m³ cada. Além disso, três projetos já iniciados anteriormente pelo Bolsa Floresta receberão acompanhamento, nas comunidades de Santa Helena do Abacate, Livramento e São Benedito.

Como alternativa para geração de renda pela comercialização de frangos nas comunidades, serão contempladas com telas, redes e pregos as comunidades Santa Helena do Abacate e Santa Luzia do Caranatuba. Também já implementado pelo PBF, será acompanhado o aviário na comunidade Caioé Grande. Também serão incentivados três projetos de suinocultura, nas comunidades do Amaro, Ararinha e Santa Luzia do Caranatuba.

Uma parceria entre o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (CETAM) e FAS ministrará capacitação voltada ao manejo de aves na reserva, entre os dias 19 e 25 de agosto, no NUcleo de Conservação e Sustentabilidade (NCS) do Uatumã. A ação é gratuita e aberta a todos os comunitários da reserva.

Agricultura familiar

O PBF também incentivará projetos de agricultura familiar nas comunidades no Uatumã. Serão entregues roçadeiras, bombas d??água e tubulação para irrigação dos roçados e casas das comunidades Deus Ajude o Boto e Manaaim.

Um Grupo Gerador de 30 KVA alimentará as casas da comunidade Cesareia, fomentando a produção de polpas regionais como a do Açaí e Cupuaçu. A comunidade São Francisco do Caribi também ganhará uma nova despolpadeira e caixa para armazenamento das polpas.

Para o escoamento da produção, pelo Rio Uatumã, serão entregues um motor de 22hp à comunidade Caioé Grande e um motor de 15 hp à comunidade São Benedito.

Embarcam na missão os assistentes de mobilização Alexandre Barbosa, Gracilete Auzier e o assistente de projetos Adamilton Bentes.

“São projetos que envolvem bastante os comunitários, pois fortalecem a cadeia produtiva tradicional, escolhidas e elencadas por eles. O processo de decisão participativa envolvem os comunitários e influencia no sucesso desses projetos, ressalta Alexandre.

Bolsa Floresta na RDS Uatumã

A RDS Uatumã é uma das 15 Unidades de Conservação (UCs) atendidas pelo Bolsa Floresta. Ao todo, são 20 comunidades atendidas e 394 famílias beneficiadas pela iniciativa. Somente nessa reserva são mais de 1,4 mil pessoas beneficiadas diretamente pelo PBF. Confira nossa página de transparência!

Newsletter