FAS participa de planificação do projeto de REDD no Moçambique

9 de agosto de 2013 - Reunião avalia cumprimento de atividades e estratégias promovidas no país africano

 
Evento debate REDD+ no Moçambique | Foto: Victor Salviati/FAS

A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) participou na semana passada da Planificação do Projeto TREDD ?? Testando os Modelos de Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação Florestal no Corredor da Beira, em Moçambique. O evento ocorreu entre 5 e 8 de agosto, na cidade de Quelimane (província de Zambézia), com participação do coordenador de Projetos Especiais da FAS, Victor Salviati.

A reunião tinha como objetivo informar às instituições locais e centrais sobre o Projeto de Implementação do REDD+ nas províncias de Manica, Sofala e Zambézia, atual área de foco da iniciativa. Também foram analisados o calendário e orçamento das atividades e a criação de um comitê diretivo do projeto para acompanhamento e direção estratégica.

Victor apresentou o Bolsa Floresta e o projeto de REDD na RDS do Juma como soluções para o desenvolvimento sustentável local e os avanços para mensuração de carbono na Amazônia.

“Foi muito legal compartilhar as experiências e iniciativas de sucesso do Brasil, como o engajamento social promovido pelo Programa Bolsa Floresta, o Plano ABC (Agricultura de Baixo Carbono), e o monitoramento do INPE”, destaca Victor.

Cooperação Sul-Sul

Entre 2009 e 2011, o Instituto Internacional para Meio Ambiente e Desenvolvimento (IIED) e a FAS realizaram uma parceria com o Governo de Moçambique visando à formulação da estratégia nacional de REDD daquele país. O resultado foi o aproveitamento de experiências exitosas da Fundação na implementação do Programa Bolsa Floresta (PBF) em território africano. Saiba mais!

Newsletter