RDS Rio Negro ganha atenção especial à primeira infância

12 de outubro de 2013 - Desenvolvido pela FAS, SUSAM e IDIS, projeto pretende promover o desenvolvimento integral nos primeiros anos de vida das crianças ribeirinhas

 

O desenvolvimento da primeira infância na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Rio Negro ganhou importante reforço em 2013. O Projeto Primeira Infância Ribeirinha (PIR), desenvolvido pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS) em parceria com o Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (IDIS) e a Secretaria de Estado da SaUde (SUSAM), tem levado ações voltadas à valorização do desenvolvimento de crianças de zero a seis anos, financiado pela Fundação Bernard Van Leer.

A ação tem como objetivo capacitar agentes de saUde em desenvolvimento infantil, na metodologia desenvolvida pelo projeto Primeira Infância Ribeirinha (PIR), elaborada pela FAS com apoio de especialistas no setor e da SUSAM. São lecionadas técnicas voltadas ao atendimento e atenção à criança, com ênfase na estratégia e conteUdo da visitação e na situação atual da infância nas comunidades da reserva. Os agentes desceram o Rio Negro em atendimentos nas comunidades, em visita experimental.

“A intenção é estimular as crianças em desenvolvimento infantil nas 19 comunidades ribeirinhas da reserva, avaliando as práticas existentes e propondo uma nova metodologia de visitação familiar”, explica a Enfermeira Rhamilly Amud Karam, coordenadora da iniciativa.

Próximos passos

Agentes em atividade na comunidade do Tumbira, RDS Rio Negro | Foto: Rhamilly/FAS

Agentes em atividade na comunidade do Tumbira, RDS Rio Negro | Foto: Rhamilly Amud/FAS

A partir de agora, os atendimentos previstos no modelo serão aplicados e avaliados pelos Agentes Comunitários de SaUde nas casas com gestantes ou crianças recém-nascidas. Para aprimorá-lo, cada agente recebeu equipamentos básicos de saUde.

“? uma satisfação enorme estar participando de um curso como esse e recebendo esse incentivo. Nunca tivemos apoio dessa forma e acho que depois desse curso, teremos nova metodologia e novas perspectivas. Chegaremos nas diferentes comunidades“, destaca o agente Antônio Evangelista da Costa, que mora e trabalha na comunidade São Thomé.

O Projeto Primeira Infância Ribeirinha

O Projeto Piloto Primeira Infância Ribeirinha é uma iniciativa conjunta da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), da Secretaria de Estado da SaUde do Amazonas (SUSAM) e do Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (IDIS) e tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento integral das crianças nas comunidades ribeirinhas do Amazonas. O projeto busca subsidiar o desenvolvimento de políticas pUblicas inclusivas para o desenvolvimento da primeira infância no Estado do Amazonas.

Importância da Primeira Infância

O período entre zero a seis anos é fundamental para o desenvolvimento de uma criança. ? uma fase determinante para a capacidade de cognição e sociabilidade do indivíduo, onde o cérebro absorve boa parte das informações para o futuro. “O amadurecimento nesse período depende de um bom desenvolvimento e da arquitetura do cérebro”, explica o gerente de programas e coordenador do programa de saUde e educação da FAS, Leandro Pinheiro.

Newsletter