Lideranças ribeirinhas se reúnem em Manaus para debater Programa Bolsa Floresta

18 de novembro de 2013 - XI Encontro de Lideranças do PBF reúne comunitários e instituições para discutir avanços e desafios em 15 unidades de conservação

 
Comunitários reunidos para o XI Encontro de Lideranças | Foto: Bruno Kelly/FAS

Líderes comunitários de 15 Unidades de Conservação (UCs) estarão entre os dias 18 e 22 em Manaus participando do XI Encontro de Lideranças do Programa Bolsa Floresta (PBF). O encontro tem por objetivo avaliar e aprimorar as metodologias de implementação do Programa, reunindo cerca de 40 lideranças comunitárias, órgãos pUblicos, instituições socioambientais e a Marinha do Brasil. A abertura ocorreu na manhã desta segunda-feira (18), no Centro de Formação Maromba, Zona Centro Sul d e Manaus.

Estiveram presentes na solenidade a coordenadora geral do PBF, Valcléia Solidade, a titular da secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SDS), Kamila Amaral, o coordenador do Centro Estadual de Unidades de Conservação (Ceuc), Antônio Witkoski e o coordenador do Centro Estadual de Mudanças Climáticas (Ceclima), Luiz Henrique Piva.

O Encontro de Lideranças é uma oportunidade de promover integração institucional entre Fundação, parceiros e associações comunitárias das UCs, além de debater de forma conjunta as políticas pUblicas federais, estaduais e municipais para a melhoria de qualidade de vida das reservas.

“? uma oportunidade para darmos voz aos comunitários, que são os principais responsáveis por cuidarem do lugar onde moram. São eles que ditam o rumo do Bolsa Floresta, o programa gira em torno deles. ? muito importante termos todos aqui presentes para ouvi-los”, comenta Valcleia Solidade, coordenadora geral do PBF.

Participam do evento FAS, a SDS, por meio do Ceclima e Ceuc, os Institutos de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), de Terras do Amazonas (Iteam), de Colonização e Reforma Agrária (Incra), e de Pesquisas da Amazônia (Inpa), além das Secretarias de Estado da Educação e Qualidade de Ensino (Seduc), de SaUde (Susam) e de Segurança PUblica (SSP).

Também participarão da iniciativa a Fundação de Amparo a Pesquisa do Amazonas (Fapeam), representantes do Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-AM), da Eletrobrás Amazonas Energia, da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e da Marinha do Brasil.

“Viemos aqui em busca de melhoria para a nossa comunidade. Sabemos da importância de discutir com nossos amigos como as coisas andam em outras reservas, além de sermos ouvidos pelos órgãos pUblicos sobre nossa. Aqui a gente tem voz”, comenta Raimundo Teixeira Amanço, presidente da Associação de Moradores da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus (Amepp).

Programação

Nesta segunda, estão previstos debates voltados ao controle ambiental, gestão territorial, saUde e educação em UCs. A Marinha do Brasil debaterá com as associações, a formação de práticos e piloteiros nas reservas do interior do Estado, a partir das 17h.

Amanhã, às 10h30, os comunitários poderão dialogar diretamente com o superintendente geral da FAS, Virgílio Viana. Pela parte da tarde, a partir das 14h, será promovido o Seminário de Avaliação do PBF, no Auditório SumaUma, Departamento de Ciências Agrárias, Bloco 1 do Mini campus da UFAM. A atividade é aberta aos convidados de instituições, universidades e institutos de pesquisa interessados em debater sobre o Programa.

Na quarta (20), será a vez do Conselho Administrativo da Fundação participar do encontro, em uma conversa com os comunitários programada para as 11h. Na ocasião será assinado um convênio entre FAS e INPA voltado ao desenvolvimento de atividades de geração de renda em UCs.

Será inaugurada na quinta-feira, dia 21, a partir das 19h30, a Incubadora Rio Negro de Negócios Sustentáveis, um espaço para o desenvolvimento do empreendedorismo ribeirinho em unidades de conservação. Na ocasião será promovida mais uma edição do Papo Sustentável, que contará com a participação de FAS, INPA e Fundação de Amparo à Pesquisa do Amazonas (Fapeam).

Na sexta-feira, dia 22, às 9h, o Arcebispo de Manaus Dom Sérgio Castriani fará uma palestra endereçada aos ribeirinhos, apresentando sua experiência religiosa e social na Amazônia. O evento será aberto ao pUblico.

Newsletter