Com apoio da TIM, 179 famílias ganham acesso à saúde e educação na RDS Uatumã

10 de dezembro de 2013 - Parceria entre FAS e o Instituto TIM apoia projetos de melhoria de qualidade de vida em nove comunidades da reserva

 
Ribeirinhos receberam materiais de construção na RDS Uatumã | Foto: Gracilete Araújo/FAS

Com o objetivo de entregar investimentos do componente Social do Programa Bolsa Floresta (PBF), uma grande logística partiu de Manaus rumo a Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Uatumã, no município de Itapiranga-AM (356 km de Manaus). A ação beneficiou 179 famílias de nove comunidades da reserva, fruto de uma parceria entre Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e o Instituto TIM.

O Programa entregou materiais para a construção de 20 casas na comunidade Bela Vista, investimento fruto de um reordenamento proposto pelos próprios comunitários. A ideia é aproximar as moradias da escola de ensino fundamental já existente, tendo como contrapartida a mão-de-obra totalmente ribeirinha.

“Na Ultima oficina de definição de investimentos, os comunitários optaram por construir casas perto da escola de ensino fundamental, que fica na comunidade Bela Vista. Com isso, eles entram com a madeira manejada de forma sustentável e a mão-de-obra, e o Bolsa Floresta complementa com o material restante”, explica o assistente de mobilização da FAS, Alexandre Barbosa.

Descendo o rio Uatumã, na comunidade Ebenezer, todas as casas foram beneficiadas com rede de iluminação, em decisão tomada em oficina com todos da reserva. Outras 10 casas da comunidade Nova Jerusalém do Amaro ganharam rede de distribuição de água potável, composta por tubulação e tanques de 5 mil litros.

“Quando o rio secava, ficava muito difícil para os comunitários conseguirem água. Geralmente, eles carregavam com baldes. Com a rede, garantimos água para as casas independente da estação do ano, o que dá a eles mais tempo para fazerem outras atividades, como as de geração de renda”, comenta a mobilizadora da FAS, Gracilete AraUjo.

Para facilitar o acesso à saUde e educação no rio Uatumã, um bote comunitário foi entregue à comunidade Monte das Oliveiras. Para o fortalecimento do clube de mães e incremento da renda, as comunidades do Manaaim e Jacarequara ganharam novas máquinas de costura e novos tecidos. Na comunidade do Flechal está em fase de construção uma nova casa de farinha, para incrementar a produção, além de quatro cozinhas comunitárias nas comunidades Santa Helena do Abacate e Maracarana.

RDS Uatumã

Atualmente 20 comunidades participam da iniciativa na reserva, o que envolve 1.743 pessoas, distribuídas em 396 famílias.A RDS Uatumã é uma das 15 unidades de conservação (UCs) atendidas pelo PBF, o primeiro projeto brasileiro com certificação internacional para compensar as populações tradicionais e manter os serviços ambientais fornecidos por meio das florestas que atualmente beneficia mais de 37 mil pessoas em todo Estado. O programa é divido em 4 componentes que estimulam a geração de renda, melhoria da qualidade de vida, associativismo e pagamento direto às mães de família pela conservação ambiental. Para garantir esta abordagem holística conta com as parcerias do Bradesco, principal mantenedor, Governo do Estado do Amazonas, Coca-Cola Brasil e Fundo Amazônia.

Parceria FAS e Instituto TIM

Em outubro de 2013 o Instituto TIM se tornou o mais novo parceiro do Programa Bolsa Floresta através do componente Social em 5 unidades de conservação beneficiadas pelo programa (Reserva de Desenvolvimento Sustentável Rio Amapá e do Rio Madeira, Reserva Extrativista Catuá-Ipixuna, Reserva de Desenvolvimento Sustentável Uatumã, Reserva de Desenvolvimento Sustentável PiagaçU-Purus).

Newsletter