Com apoio da Symantec, Casa Digital no Rio Negro ganha equipamentos

12 de agosto de 2014 - Empresa equipa 12 computadores da Casa Digital do NCS Agnello Bittencourt Uchôa, na comunidade Tumbira

 
CVDS atuará na região do Rio Negro | Foto: Bruno Kelly

Este ano, a empresa de tecnologia Symantec se tornou mais uma parceira da educação e tecnologia em comunidades ribeirinhas. Por meio da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), a multinacional do setor de softwares equipou os 12 computadores que compõem a Casa Digital do NUcleo de Conservação e Sustentabilidade (NCS) Agnello Uchôa Bittencourt, localizado na comunidade Tumbira, Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Rio Negro.

A iniciativa tem por objetivo apoiar a inovação e tecnologia nas comunidades ribeirinhas, promovendo a inserção dos alunos e comunitários em um ambiente digital. O laboratório está localizado na região central da RDS Rio Negro, facilitando o acesso à internet para todas as 19 comunidades da reserva. Diretamente foram beneficiados 50 alunos de nível fundamental, médio e na modalidade de Ensino de Jovens e Adultos – EJA do NUcleo.

Para a supervisora pedagógica da FAS, Venina Savedra, os equipamentos já refletem no cotidiano escolar ribeirinho, proporcionando a realização de várias atividades, incluindo pesquisas acadêmicas.

“Esses equipamentos trouxeram muitas melhorias, estamos tendo a participação ativa de vários alunos em pesquisas escolares, por exemplo. Outros projetos do NUcleo, como a coleta seletiva, o Ideias que Florescem, estão sendo divulgados pelos próprios alunos, em um retorno muito positivo”, avalia.

NUcleos de Conservação e Sustentabilidade

Os NUcleos de Conservação e Sustentabilidade (NCSs) são espaços para a promoção de educação sustentável dentro das reservas atendidas pelo Programa Bolsa Floresta (PBF). As estruturas contam com salas de aula, alojamento para alunos e professores, laboratórios de informática e bibliotecas no meio da floresta. Saiba mais!

Newsletter