FAS e Fundação Roberto Marinho realizam oficina ‘Florestabilidade’ em Manaus

20 de agosto de 2014 - Projeto incentiva o manejo florestal sustentável em unidades de conservação (UCs) do interior do Estado

 
Evento acontece no Auditório D. Lidia Parisotto | Foto: Comunicação/FAS

A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e a Fundação Roberto Marinho, em parceria com a Secretaria de Estado da Educação e Qualidade de Ensino (Seduc-AM) estão promovendo, em Manaus a Oficina de Formação de Professores do Florestabilidade, voltada aos profissionais que atuam em escolas pUblicas do Amazonas. O evento tem como objetivo ampliar o conhecimento crítico sobre as oportunidades e os desafios do manejo florestal na Amazônia e acontece até hoje (20) no auditório D. Lidia Parisotto, sede da FAS, Rua Álvaro Braga, 351, Parque 10 de Novembro.

A oficina utiliza um material pedagógico próprio, que inclui livros voltados à área de manejo florestal, e às sugestões de planos de aula, além de 15 vídeo-aulas e 15 programas de rádio. Após a oficina, a ideia é acompanhar o desenvolvimento das atividades nas escolas rurais com visitas e interação via redes sociais.

Para o professor Hudson Praia Frazão, 34, gestor do NUcleo de Conservação e Sustentabilidade (NCS) Punã, na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Mamirauá, o encontro é essencial pois proporciona uma oportunidade de conseguir conhecimentos em uma área estratégica para a comunidade.

“? uma parte muito importante de viver junto à floresta, cuidar dela. Aqui temos a oportunidade de trabalhar com educação florestal e de sensibilizar a comunidade sobre o assunto, certamente, esse trabalho nos trará bons frutos agora como no futuro”, explica.

Florestabilidade

O projeto Florestabilidade surgiu de uma parceria entre Fundo Vale e a Fundação Roberto Marinho, e busca despertar vocações para carreiras em manejo florestal, difundir o uso sustentável das florestas e oferecer recursos pedagógicos e técnicos da Amazônia. A ação conta com apoio do Serviço Florestal Brasileiro, e pretende capacitar mais de 2,5 mil profissionais de educação de várias partes do Brasil.

Newsletter