Alunos ribeirinhos estão em Manaus para troca de experiências sobre educação no interior

14 de setembro de 2015 - Intercâmbio de Saberes reúne alunos de cinco unidades de conservação (UCs) em Manaus durante esta semana

 
Abertura contou com apresentação musical de alunos da Escola Estadual Brigadeiro Camarão, de Manaus | Foto: Venina Savedra

Foi aberta na manhã desta segunda-feira (14) o IV Intercâmbio de Saberes, o encontro de alunos dos NUcleos de Conservação e Sustentabilidade (NCSs) da Fundação Amazonas Sustentável (FAS). A iniciativa tem por objetivo reunir em Manaus 40 professores estudantes de comunidades ribeirinhas, para uma troca de experiências sobre educação no Amazonas, em roteiro que inclui visitas, seminários e palestras.

Participam do evento estudantes das Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDSs) do Juma, Uatumã, Rio Negro e Mamirauá, além da Área de Proteção Ambiental (APA) do Rio Negro. O Intercâmbio de Saberes visa fortalecer o protagonismo juvenil, por meio do engajamento em torno da conservação ambiental e da melhoria da qualidade de vida nas comunidades e reservas em que eles vivem.

A cada ano (edição) é definido um tema que estimule a reflexão sobre a realidade em que estão inseridos. Os alunos com melhor desempenho na avaliação desses trabalhos são selecionados para participar de uma viagem de intercâmbio com alunos das outras UCs e de escolas e universidades de Manaus. Os encontros têm duração de uma semana e acontecem em Manaus. O Projeto é fruto de uma parceria entre a Secretaria de Estado da Educação do Amazonas (Seduc) e o Programa de Educação e SaUde (PES) da FAS.

Programa de Educação e SaUde

O PES promove atividades voltadas à ampliação e qualificação da oferta de serviços de saUde e educação para as comunidades ribeirinhas, em parceria com a Samsung e o Banco Bradesco. O programa tem como estrutura de referência nas Unidades de Conservação (UCs), os NUcleos de Conservação e Sustentabilidade (NCSs), que abrigam escolas de Ensino Fundamental II e Médio. E, a partir dos NUcleos, são desenvolvidas atividades de apoio às escolas das séries iniciais do Ensino Fundamental nas RDSs, bem como ações de qualificação profissional básica para as comunidades. O programa também desenvolve ações voltadas a primeira Infância (0 a 6 anos), por meio do Projeto Primeira Infância Ribeirinha.

Newsletter