Arqueiro indígena conquista medalha de bronze em torneio nos EUA

12 de abril de 2016 - Além das seletivas, Nelson, Gustavo e Dream estão classificados para o 33º Panamericano de Tiro com Arco

 

O atleta indígena amazonense Nelson Silva de Moraes (Inha, na etnia Kambeba) faturou a medalha de bronze na categoria cadete da AAE Arizona Cup, campeonato internacional de tiro com arco realizado na cidade de Phoenix, nos Estados Unidos. A competição reuniu entre os dias 8 e 11 de abril competidores de várias partes do mundo, um evento do Ranking Mundial de Arqueria (WRE). Nelson integra a equipe do Projeto de Arquearia Indígena do Amazonas, desenvolvido pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS), Federação Amazonense de Tiro com Arco (Fatarco) e Governo do Amazonas.

Esta é a quarta medalha de Inha em competições oficiais de tiro com arco. O atleta já havia faturado a medalha um ouro na categoria infantil do 7º Campeonato Brasileiro de Base, em 2014, e outro na competição das duplas, no 41º Campeonato Brasileiro, realizado ano passado em Goiânia-GO. O atleta também conquistou a medalha de bronze no 8º Campeonato Brasileiro de Base, realizado em Maricá-RJ, ano passado.

Nelson compõe o time amazonense que vem participando das seletivas de tiro com arco da Rio 2016, junto com Graziela Paulino (Yaci, etnia Karapãna), Dream Braga (Iagoara, etnia Kambeba) e Larissa Feitoza. Na quinta-feira, eles embarcam para a terceira etapa da seletiva, que será realizado nos dias 16 e 17 de abril (sábado e domingo), em São Paulo-SP. “Nossos atletas ainda tem chances, em uma disputa muito difícil com competidores que treinam há bem mais tempo. Resta torcer nas Ultimas duas etapas, realizadas no meio de abril e início de maio”, explica o treinador da equipe, Aníbal Forte.

Além das seletivas, Nelson, Gustavo e Dream estão classificados para o 33º Panamericano de Tiro com Arco, que será realizado em maio na Costa Rica.

Sobre o Projeto

O projeto Arquearia Indígena do Amazonas tem o objetivo de contribuir para a popularização da modalidade esportiva e fortalecer a imagem e autoestima das populações indígenas da Amazônia. A ação é uma iniciativa da FAS, em parceria com a Federação Amazonense de Tiro com Arco (Fatarco), o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer (Sejel), a Confederação das Organizações e Povos Indígenas do Amazonas (Coipam) e Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab).

A iniciativa foi aprovada na Lei de Incentivo ao Esporte (Lei nº 11.438), e conta com o patrocínio das Lojas Bemol, Fogás e Val Group. A ação apoiou de forma inédita a formação de atletas de alto rendimento e o fortalecimento da equipe brasileira de tiro ao arco para competições locais, nacionais e internacionais, incluindo a Olimpíada Rio 2016.

Newsletter