Projeto Dicara promove capacitação com instrutores de crianças e adolescentes ribeirinhas

11 de julho de 2016 - Iniciativa promoverá oficinas de educação ambiental, informática, música e artesanato nas RDSs Mamirauá, Uatumã e Juma

 

Foi aberta na manhã desta segunda-feira (11) a I Capacitação de Orientadores do Projeto Dicara, que acontece até quarta-feira (13) no Auditório Lidia Parisotto. A iniciativa tem por objetivo formar 45 instrutores de cursos voltados à educação e garantia dos direitos de crianças e adolescentes das Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Uatumã, Mamirauá e Juma, e é desenvolvida por meio de uma parceria entre Fundação Amazonas Sustentável (FAS), Banco Bradesco, Ticket/Endered e EMS.

O evento busca promover um nivelamento institucional entre os novos instrutores do projeto, que devem ministrar a partir do dia 20 de julho oficinas de educação ambiental, informática, mUsica e artesanato em comunidades das zonas rurais de Itapiranga, Maraã e Novo Aripuanã. A iniciativa deve beneficiar cerca de 1 mil crianças e adolescentes, com apoio dos Conselhos Municipais da Criança e do Adolescentes (CMDCA).

“O Dicara é um programa de educação mais amplo, voltado a educação para vida e para o desenvolvimento sustentável. A ideia é fornecer uma nova perspectiva para crianças e adolescentes ribeirinhas por meio da educação ambiental, da mUsica, computação, esportes “, destaca o superintendente geral da FAS, Virgilio Viana.

As atividades são viabilizadas com apoio do Banco Bradesco, Videolar-Innova, Natura, EMS e Ticket/Endered, que investem parte do Imposto de Renda devido nos Fundos Municipais da Criança e do Adolescente (FUMCAD) de cada município. Em 2015, a parceria beneficiou mais de 1.000 crianças e adolescentes dos municípios de Carauari, Maraã e Uarini. As atividades são desdobradas em componentes que complementam as iniciativas do Programa de Educação e SaUde (PES), da FAS.

Newsletter