Voluntários da SAP fazem imersão em comunidade ribeirinha no Amazonas

18 de outubro de 2016 - Durante visita, equipe construiu calçada, em parceria com a FAS e moradores da RDS do Rio Negro, para beneficiar comunitários idosos

 
Calçada ganhou nome de moradoras mais idosas da comunidade (Foto: André Ballesteros/FAS)

Durante três dias, 10 voluntários da SAP visitaram a comunidade Tumbira, na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Rio Negro. Eles participaram de uma atividade, com a equipe da Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e comunitários, para melhoria da infraestrutura local.

Os voluntários da SAP trabalharam na construção de uma calçada na comunidade do Tumbira. A iniciativa, que recebeu recursos da SAP e da Coca-Cola Brasil, foi realizada para beneficiar principalmente os moradores mais idosos no caminho de suas casas para o rio. Por escolha da própria comunidade foi batizada de “Calçada das Sra. Alcina e Rosa”, as matriarcas da comunidade com mais de 100 anos de idade.

A FAS e SAP iniciaram uma parceria em 2014. O primeiro projeto foi a doação à própria entidade do software SAP Lumira, uma solução tecnológica intuitiva e de fácil implementação, que proporcionou alta visibilidade e capacidade de análise de dados, melhorando consideravelmente a gestão de indicadores da instituição. Entre outras vantagens, a FAS, que coordena trabalhos e ações que beneficiam mais de 40 mil pessoas em 576 comunidades ribeirinhas e indígenas na Amazônia, em uma área de 10,8 milhões de hectares, passou a contar com a agilidade de uma solução que possibilita roda em nuvem, e rigor na análise e avaliação de indicadores e métricas. Além disso, a parceria doou o SAP Business One para a Unidade de Beneficiamento de Produtos Florestais (UBPF) de Bauana, empreendimento apoiado pela Fundação.

Newsletter