CAF e Fundação Amazonas Sustentável assinam, em Brasília, acordo de cooperação técnica

16 de fevereiro de 2017 - Estão em desenvolvimento iniciativas conjuntas nas áreas de capacitação e programas de investimentos voltados para a redução de emissões do desmatamento e degradação

 

A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) assinaram, nesta quinta-feira (16), em Brasília, um memorando de entendimento para cooperação. A parceria tem por objetivo unir esforços de ambas instituições em atividades e projetos com foco na melhoria da gestão ambiental, social e mudanças climáticas para três países da região da Bacia hidrográfica do rio Amazonas – Brasil, Peru e Colômbia, que permitam o desenvolvimento inclusivo e sustentável da região.

A implementação do acordo entre as instituições foi iniciada mediante diálogos realizados pelo superintendente-geral da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), Virgilio Viana, e o diretor-representante do Banco no Brasil, Victor Rico, em novembro de 2016. As atividades decorrentes do acordo serão desenvolvidas pela Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável na Amazônia (SDSN-Amazônia), secretariada pela FAS.

Para Victor Rico, a cooperação será um valioso instrumento para que o CAF continue implementando suas políticas de prioridade para a proteção e o uso sustentável dos recursos naturais. “Temos claro que existe uma gama de oportunidades de trabalhos conjuntos, não apenas no Brasil, mas também na região dos países amazônicos”, declarou.

“Para nós a assinatura deste termo de cooperação representa um passo muito importante na concretização de uma parceria internacional extremamente relevante. Esta cooperação representa também um reconhecimento da CAF, que é uma das mais importantes instituições financeiras da América Latina, sobre a qualidade e seriedade dos trabalhos desenvolvidos pela FAS no Amazonas. Esperamos que essa cooperação traga mais frutos em prol das comunidades das populações ribeirinhas e da redução do desmatamento da Amazônia”, destacou Viana.

As ações buscarão promover a capacitação e programas de investimentos encaminhados a reduzir as emissões do desmatamento e da degradação florestal na Amazônia, que englobam conservação, gestão sustentável das florestas e aumento das reservas florestais de carbono. Além disso, o acordo visa a promoção de atividades de cooperação Sul-Sul com base na troca de experiências de cooperação do programa Bolsa Floresta; apoio nas ações da carteira do programa de REDD+ no Estados do Amazonas; e a colaboração com a plataforma de soluções SDSN-Amazônia para promover as atividades do Programa de Floresta da CAF.

O CAF

O CAF – Banco de desenvolvimento da América Latina – tem como missão incentivar o desenvolvimento sustentável e a integração regional através do financiamento de projetos dos setores público e privado, do fornecimento de cooperação técnica e de outros serviços especializados. Fundado em 1970 e formado atualmente por 19 países – 17 da América Latina e do Caribe junto com Espanha e Portugal – e 14 bancos privados, é uma das principais fontes de financiamento multilateral e uma fonte importante de geração de conhecimento para a região. Mais informação em www.caf.com.

A Rede SDSN Amazônia

A Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável na Amazônia (SDSN-Amazônia) foi lançada em 2012 pelo Secretário Geral da ONU, Ban Ki-moon, com o objetivo de mobilizar diversos atores para apoiar a disseminação e a implementação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) por meio da integração técnica e políticas desses atores. No Amazonas é secretariada pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS). Saiba mais: www.sdsn-amazonia.org.

A Fundação Amazonas Sustentável

A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) é uma organização brasileira não governamental, sem fins lucrativos, de utilidade pública estadual. Foi criada em fevereiro de 2008, por meio de uma parceria entre o Banco Bradesco e o Governo do Estado do Amazonas. Posteriormente, passou a contar com o apoio da Coca-Cola Brasil (2009), do Fundo Amazônia/BNDES (2010) e da Samsung (2010), além de outras 114 parcerias em programas e projetos desenvolvidos.

A missão da FAS é promover o envolvimento sustentável, a conservação ambiental e a melhoria da qualidade de vida das comunidades ribeirinhas do Estado do Amazonas. As principais iniciativas são implementadas por meio do Programa Bolsa Floresta (PBF), Programa de Educação e Saúde (PES), e Programa de Soluções Inovadoras (PSI). Atualmente, a FAS beneficia 574 comunidades ribeirinhas no Estado do Amazonas, beneficiando cerca de 40 mil pessoas. Saiba mais: www.fas-amazonas.org

sdsn fas

sdsn fas

blogdoenvolvimento1

blogdoenvolvimento1

Newsletter