Edital de R$ 2,5 milhões para produção sustentável é lançado pela FAS e BNDES, em Manaus

3 de abril de 2017 - Iniciativa apoiará projetos a serem implementados preferencialmente em áreas de entorno e mosaicos de unidades de conservação, e corredores ecológicos do Amazonas

 
Edital foi lançado em evento na FAS (Foto: Marina Souza)

A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) lançou, nesta sexta-feira (31), o edital “Floresta em Pé”. A iniciativa, realizada emparceria com o Fundo Amazônia/BNDES, visa apoiar projetos a serem implementados preferencialmente em áreas de entorno e mosaicos de unidades de conservação, e corredores ecológicos do Amazonas. Ao todo, serão investidos R$ 2,5 milhões no estado.

Desenhado como um novo componente do projeto “Bolsa Floresta Mais”, apoiado pelo Fundo Amazônia, o edital “Floresta emPé” visa incentivar organizações de direito privado, sem fins lucrativos, formais e regulares que implementam atividades produtivas sustentáveis. Além disso, o edital capacitará empreendedores de base comunitária, contribuirá para o alcance dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), e fortalecerá as associações de base criando mecanismos financeiros mais duradouros para os investimentos em infraestrutura social comunitária no estado do Amazonas.

“Acreditamos que o controle do desmatamento e da degradação na Amazônia está associado, entre outros aspectos, à redução da vulnerabilidade social e ao fomento às alternativas econômicas sustentáveis. Por isso, o edital Floresta em Pé apoiará projetos de geração de renda sustentável em áreas protegidas do Estado”, destacou o superintendente-geral da FAS, Virgilio Viana.

O edital desembolsará R$ 2,5 milhões para projetos de até R$ 150 mil com duração máxima de dois anos. Além do apoio financeiro, a FAS oferecerá cursos de elaboração e gestão de projetos, e assessoria técnica aos selecionados. As diretrizes do edital foram construídas em conjunto pela equipe da FAS com especialistas, lideranças ribeirinhas e indígenas, técnicos do Governo do Amazonas e do Fundo Amazônia.

“Já temos a FAS como parceira e com indicadores e resultados extremamente impactantes, com 40 mil pessoas sendo atendidas na ponta, então pensamos em algo inovador para dar mais escala. A chamada pUblica foi um projeto que construímos juntos para dar alternativa de geração de renda às populações do Amazonas e aumentar o fortalecimento das associações comunitárias”, declarou a chefe do Departamento de Gestão do Fundo Amazônia, Juliana Santiago.

As inscrições para o edital iniciam nesta sexta (31) e seguem até o dia 5 de junho. A lista de selecionados (primeira etapa) será divulgada no dia 03 de julho de 2017. As informações estão disponíveis no site: www.fas-amazonas.org/edital.

Newsletter