Estudantes dos rios Negro e Cuieiras participam de oficinas de arte e educação

14 de maio de 2017 - Projeto Incenturita estimula atividades de leitura e escrita por meio da arte

 

Por Netto Santos

Alunos de comunidades da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Puranga Conquista e Área de Proteção Ambiental (APA) do Rio Negro integram a turma do Projeto de Incentivo à Leitura e Escrita da Fundação Amazonas Sustentável (FAS). O primeiro módulo do ano de 2017, realizado na Ultima semana, convidou os 42 alunos participantes a um “mergulho” no universo literário, exercitando a leitura e escrita através das artes, concebendo expressões artísticas a partir de sua concepção literária.

Em três dias de oficinas, foram entregues livros para que os participantes pratiquem a leitura e interpretação de textos. A coletânea distribuída é do personagem Nate, dos autores Lincoln Peirce e Ana Ban. As obras foram doadas pela Editora Sextante.

Para o coordenador de arte e educação da FAS, Adriano Rodrigues, a escolha da coletânea de Nate se deu pela forma de como os autores escrevem para os leitores.

“Esses livros trazem uma leitura de fácil compreensão, mas com a responsabilidade de ensinar e informar. Esse é nosso foco”, completou Adriano.

incent (2)

As oficinas acontecem no NCS Assy Manana

A viagem contou com o apoio da voluntária Adriana Pou, que faz parte do Programa de Voluntariado da FAS. Ela realizou oficinas de línguas (inglês e espanhol) abertas à comunidade e direcionada especialmente aos alunos da Escola Estadual Samsung Amazonas, além de auxiliar o projeto de Incentivo à leitura.

Projeto Incenturita

Com o objetivo de promover a leitura e contribuir para o domínio da oratória e do empoderamento dos alunos, o Projeto de Incentivo à Leitura e Escrita (INCENTURITA) realiza atividades que envolvem educação e arte em nUcleos de conservação no Amazonas. O projeto conta com apoio Samsung, Bradesco e Instituto Alair Martins (Iamar).

Newsletter