Agentes comunitários de saúde de Itapiranga recebem capacitação do Programa Primeira Infância Ribeirinha

13 de junho de 2017 - Programa capacita agentes para atuar na área urbana de um município do interior do Estado, pela primeira vez

 
Agente de saúde formados em Itapiranga | Foto Rhamilly Amud

Agentes comunitários de saúde do município de Itapiranga (227 km de Manaus) receberam na última semana capacitação para atuar no Programa Primeira Infância Ribeirinha (PIR), da Fundação Amazonas Sustentável (FAS). Durante o treinamento, 25 agentes de saúde foram formados, dentre os quais 11 são residentes da área rural e 14 são da área urbana. Foi a segunda vez que Itapiranga recebeu o treinamento, na primeira vez que o PIR atua na área urbana de um município do Estado.

A capacitação teve como objetivo a formação de agentes comunitários de saúde, grupo gestor e lideranças comunitária para atuar no Programa Primeira Infância Ribeirinha. O treinamento foi ministrado por profissionais da área de Nutrição, Enfermagem e Assistência Social e contou com atividades que aliam a teoria e a prática, tendo como enfoque ao modelo de visitação e a situação da infância no município. A ideia foi criar um espaço de compartilhamento de experiências, esclarecimento de dúvidas e aprimoramento técnico.

De acordo com Rhamilly Amud, coordenadora do programa, a capacitação em Itapiranga representa um crescimento de mais de 77% de crianças atendidas pelo Programa Primeira Infância Ribeirinha, que passará a atender mais 1139 crianças, totalizando 2609.

Programa Primeira Infância Ribeirinha

O PIR tem como finalidade o desenvolvimento integral da criança na primeira infância, que compreende a faixa que vai desde a gestação até os seis anos de idade, por meio da integração das Políticas Públicas desenvolvidas no âmbito da saúde, educação e assistência social do estado e dos municípios. O projeto é desenvolvido em parceria com a Samsung e Johnson & Johnson. A capacitação de agentes de saúde do Programa Primeira Infância Ribeirinha deverá acontecer ainda este ano na Foresta Estadual (Florest) de Maués, RDS Rio Negro, Juma, Anamã, Catuá Ipixuna e Uatumã.

 

Newsletter