Líderes de Unidades de Conservação do Amazonas se reúnem em Manaus para discutir Programa Bolsa Floresta

13 de novembro de 2017 - De 13 a 17 de novembro, 70 representantes de 16 Unidades de Conservação (UCs) do Estado do Amazonas estarão em […]

 

De 13 a 17 de novembro, 70 representantes de 16 Unidades de Conservação (UCs) do Estado do Amazonas estarão em Manaus para avaliar e aprimorar a estratégia e a metodologia de implementação do Programa Bolsa Floresta. O XIX Encontro de Lideranças, evento realizado pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS), tem como objetivo promover a integração institucional entre FAS, parceiros e associações através de debates sobre políticas públicas para a melhoria da qualidade de vida das famílias ribeirinhas.

Representantes de 16 UCs estão em Manaus para discutir Bolsa Floresta (Foto: Dirce Quintino)

O evento acontece na sede da FAS, localizada na rua Álvaro Braga,351, Parque 10 de Novembro, e conta com uma intensa programação que visa capacitar as lideranças em temáticas relacionadas à prestação de contas, gestão documental, indicadores das associações comunitárias e educação financeira.

Programação

O primeiro dia do encontro foi marcado pela discussão sobre produção e pesca com a participação do diretor de assistência técnica e extensão florestal do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (IDAM), Malvino Salvador, do chefe de departamento da Secretaria Executiva Adjunta de Política Agrícola, Pecuária e Florestal – SEAPAF/SEPROR, Eduardo Rizzo e do chefe do departamento da Secretaria Executiva Adjunta de Pesca e Aquicultura -SEPA/SEPROR, Renilton Solarth. Na ocasião, as lideranças puderam questionar os representantes governamentais qual tipo de contribuição as instituições podem dar às associações comunitárias para melhorar a produção agrícola.

Mesa Redonda Produção e Pesca (Foto: Dirce Quintino)

No mesmo dia as propostas de educação, segurança pública e esporte e lazer voltadas para as unidades de conservação estiveram em debate durante a mesa redonda “Avanços e desafios na política e gestão da Educação, Eletrobrás, Esporte e Lazer”, que contou com a presença do secretário de educação do Amazonas, José Augusto Melo Neto, a secretária de juventude, esporte e lazer do Amazonas, Janaína Chaves, e o representante da Eletrobrás, Valdelino Cavalcante – Representante da Eletrobrás.

Já na terça-feira (14), com o apoio do Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola – Imaflora, a importância do selo Origens Brasil como forma de valorização de produtos da biodiversidade será discutido com o objetivo de despertar o interesse dos produtores locais a obterem a certificação. Na manhã da quarta-feira (15), o empreendedorismo ganha destaque com a palestra motivacional sobre mentalidade empreendedora a ser ministrada pelo coordenador de empreendedorismo sustentável da FAS, Wildney Mourão.

Na quinta-feira (16), o Papo Sustentável falará sobre a contribuição do Programa Bolsa Floresta (PBF) para a redução do desmatamento e degradação em unidades de conservação do Estado do Amazonas e terá a participação do representante da SEMA, Francisco Itamar Gonçalves Melgueiro, do pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (INPA), Phillip Fearnside, da analista em geoprocessamento da FAS, Andressa Lopes, do Carlos Gabriel Koury, do secretário da Associação da RDS do Canumã e beneficiário do Programa Bolsa Floresta, Emerson Moreira, do professor da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Henrique Pereira e do superintendente da FAS, Virgilio Viana. O debate terá a mediação de pesquisador Neliton Marques, da Universidade Federal do Amazonas.

Participação feminina

De acordo com coordenadora geral do Programa Bolsa Floresta, Valcléia Solidade, a crescente participação das mulheres é um dos destaques do evento. “Nesta edição estamos levando em consideração o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável Nº 5 das Organizações da Nações Unidas, que buscar alcançar a igualdade de gênero e empoderar as mulheres, e por isso teremos a participação de 26 mulheres líderes, número que representa um crescimento de 37% em relação à edição anterior”, afirma.

Uma das lideranças femininas do interior do Estado que está em Manaus é Maria Itamilde Barbosa, 45. Maria é presidente da Associação de Produtores Agroextrativistas da Floresta Estadual de Maués (ASPAFEMP) e já participa pela quinta vez do evento. “É o momento que nós temos de apresentar os resultados do nosso trabalho e também uma oportunidade de valorizar a mulher do campo”, conclui Maria.

Programa Bolsa Floresta

O Programa Bolsa Floresta (PBF) é uma política pública estadual instituída pelo Governo do Amazonas em 2007. Sua criação foi um marco histórico de grande relevância tanto na escala nacional quanto internacional na promoção do desenvolvimento sustentável. O XIV Encontro de Lideranças conta com apoio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA), patrocínio do Bradesco, Fundo Amazônia/BNDES e Coca-Cola Brasil.

Veja como foi o primeiro dia do evento:

Newsletter