Demonstrações financeiras da FAS são aprovadas sem ressalvas pela 20ª vez

27 de março de 2018 - Contas da Fundação são auditadas semestralmente pela PricewaterhouseCoopers (PwC)

 

Pelo décimo ano consecutivo a Fundação Amazonas Sustentável (FAS) teve as suas Demonstrações Financeiras aprovadas sem ressalvas pela PricewaterhouseCoopers (PwC). Desde 2008, foram 20 auditorias realizadas de forma independente nas contas da organização, que alcança a marca de 39.420 pessoas beneficiadas e ajuda a proteger uma área de 10,9 milhões de hectares.

De acordo com os procedimentos internos de prestação de contas da FAS, a administração prepara as demonstrações em conjunto com o escritório de contabilidade JBL, e as submete a auditoria da PwC. Após aprovados pela auditoria, os documentos são analisados pelo Conselho Fiscal e pelo Conselho de Administração da FAS, e finalmente, submetidos ao Ministério Público Estadual (MPE).

“Temos a missão há 10 anos, de prover a gestão administrativa e financeira da FAS. Estar com a PwC, também nestes 10 anos, sempre com a contabilidade aprovada sem ressalvas, reflete o resultado da seriedade de nosso trabalho, dedicado e apaixonado em todas as frentes, com benefício para as populações ribeirinhas do Amazonas, com reflexos para a Amazônia e todo o planeta”, explica o superintendente administrativo-financeiro da Fundação, Luiz Villares.

A divulgação das demonstrações financeiras é política da FAS, que preza por assegurar a máxima transparência na sua gestão e prestação de contas. Atualmente, a Fundação desenvolve projetos em 581 comunidades, de 16 Unidades de Conservação (UC) do Estado, levando ações de geração de renda, empoderamento, educação e cidadania para 9 mil famílias.

Newsletter