Evento em Manaus discute poluição plástica nos rios e igarapés da Amazônia

4 de junho de 2018 - Evento marca lançamento de campanha global para conservação de rios, com a participação do Ministro do Meio Ambiente (MMA), Edson Duarte e Denise Hamú, Representante da ONU Meio Ambiente

 
Evento discutirá poluição de rios e igarapés em Manaus | Foto Michael Dantas

Durante a Semana do Meio Ambiente, a conservação dos rios e lagos da Amazônia será pauta do seminário “Dos rios limpos para mares limpos com os ODS”, que acontece em Manaus na próxima sexta-feira e sábado, 08 e 09 de junho. O evento reúne diversos atores do segmento socioambiental do Brasil para discutir os desafios de conservação dos rios e igarapés do meio urbano, e o impacto disso para a conservação do potencial hidrológico global. A abertura da ação acontece na sexta-feira (08) a partir das 09h na sede da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), Rua Álvaro Braga, 351, Parque 10 de Novembro.

Estarão na ocasião o Ministro de Meio Ambiente (MMA), Edson Duarte, a Representante da ONU Meio Ambiente no Brasil, Denise Hamú, o superintendente-geral da FAS, Virgilio Viana, e o secretário de Meio Ambiente do Amazonas, Marcelo Dutra.

O evento integra a semana de mobilização contra a poluição plástica, da ONU Meio Ambiente, e tem por objetivo promover um diálogo entre atores, organizações e pautas relevantes sobre os desafios vinculados à implementação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), tendo como referência a atual situação de poluição de rios por resíduos sólidos, além de promover um diálogo para construção e metodologias para tais problemas ambientais.

Nas últimas décadas, a produção de plástico aumentou dramaticamente, com 230 milhões de toneladas no ano de 2009, 265 milhões de toneladas em 2010 e 299 milhões de toneladas em 2013. Estima-se que 10% da produção anual de plástico tenha os oceanos como destino, e se não houver uma mudança drástica nas políticas e práticas de produção e consumo, a tendência deste número é aumentar. No Brasil, cerca de 80% dos resíduos plásticos são originários de cidades e correspondem a lixo que não é coletado e tem um destino inadequado, estimando que aproximadamente 2 milhões de toneladas desses resíduos chegam aos oceanos anualmente.

Agenda

Na sexta-feira (8), serão discutidos por meio de painéis e debates os desafios para implementação de soluções integradas para a conservação e desenvolvimento sustentável fluvial e marítimo, bem como perspectiva sociais, econômicas e ambientais associadas ao problema da poluição dos rios em zonas urbanas. A ideia é propor uma agenda positiva para a conservação e despoluição de rios e igarapés, a partir do diálogo com vários setores da sociedade.

Com a presença dos representantes de ONU Meio Ambiente, MMA e SEMA, o evento será palco do lançamento da iniciativa “Rios Limpos para Mares Limpos”, uma mobilização para a conservação de rios, igarapés e outros afluentes.

Durante o sábado (9), às 08h30 será realizado um mutirão de limpeza nos igarapés do Tarumã, reunindo diversos atores e comunidade para ações práticas de conservação. Às 10h, a comitiva visita o Projeto de Restauração Urbana Sustentável da Amazônia (REUSA), localizado às margens do Igarapé do Gigante, onde conversam com os moradores e conhecem uma solução prática para a conservação.

Inscrições

O evento é gratuito e possui vagas limitadas apenas para a sexta-feira (8), as inscrições se iniciam hoje (4) e vão até o dia (7) ou até as vagas serem devidamente preenchidas. Para garantir a participação nos dois dias de evento, é necessário preencher o formulário de inscrições com as informações solicitadas. Horas complementares serão disponibilizadas para os participantes.

Newsletter