Enterprising ride studio to generate sustainable income in Rio Negro

21 th August 2018 - With support from the Amazonas Sustainable Foundation (FAS) and Amazon / BNDES Fund, business provides an opportunity for community riverside locations

 
Ateliê montado por moradoras ajuda a gerar renda no Rio Negro | Photo: Augusto Cezar

Ações de geração de renda voltadas à confecção têxtil estão beneficiando diretamente mulheres da comunidade Camará, on Sustainable Development Reserve (Reserve) Rio Negro. The Sustainable Chat, além de renda, traz perspectivas de empreendedorismo, gestão de negócios e fomenta a autoestima de mulheres ribeirinhas por meio da produção e comercialização de roupas na reserva.

A iniciativa conta com apoio do Fundo Amazônia/BNDES e se estabeleceu a partir da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), through the Bolsa Floresta (BFP), ao identificar o potencial das mulheres do Camará com costura. A comunidade já possuía um ateliê de costura que estava inutilizado, e as lideranças femininas da comunidade demonstraram vontade de aproveitar o que tinham para fazer com que a confecção têxtil crescesse na região. FAS, So, ofereceu cursos de capacitação técnica e mecânica com todas as mulheres, além de fornecer máquinas de costura, linhas e tecidos.

Durante o início do mês de agosto foram ministrados cursos de corte e costura promovidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) para o desenvolvimento de peças variadas como blusas, shorts, roupas íntimas e uniformes escolares. As peças que resultam do curso farão parte de exposições em festas e demais espaços comunitários para que vendas possam ser realizadas.

“Elas enxergam a empreitada como a abertura de um novo leque de oportunidades a partir do momento em que já se sentem capacitadas para exercer as confecções. Elas tinham as máquinas, mas não sabiam como utilizá-las, mas agora elas possuem materiais, conhecimento e força de vontade para alavancar seus futuros negócios”, afirma o técnico do Bolsa Floresta, Augusto Cezar.

Para a próxima etapa do projeto de confecções do Camará, as comunitárias buscam melhoria e evolução dos produtos para o aperfeiçoamento do processo produtivo. A elas, será ministrada uma segunda etapa do curso de corte e costura para garantir a qualidade de suas produções, também pelo Fundação. Na sede da FAS, haverá um mostruário com as peças produzidas pelo Grupo de Mulheres do Camará.

“O grande benefício do projeto é valorização que cada uma sente de si, a partir do momento em que elas conseguem contribuir com a renda familiar e com atividades profissionalizantes que promovam o próprio crescimento. Waiting-se, a longo prazo, que consigamos multiplicar tais ações para além das comunidades próximas e que as comunitárias possam levar suas produções para Iranduba e Novo Airão e também possam explorar novas possibilidades”, afirma a coordenadora regional do Bolsa Floresta, Jousanete Dias.

Dentre 19 communities RDS Rio Negro, Camará é a única em que existe um grupo de mulheres empreendedoras no ramo têxtil, o Grupo de Mulheres da Costura do Camará. A total of 10 mulheres estão engajadas na associação.

Programa de Geração de Renda

FAS believes that encourage sustainable production is the best alternative for increasing the income generation of coastal and at the same time "make the forest worth more standing than cut". A Fundação desenvolve atividades nas 16 units Conservação (UC) onde atua o Programa de Geração de Renda (Bolsa Floresta Income), que busca contribuir em atividades econômicas já existentes e co-criar outras dentro da perspectiva da inovação e do desenvolvimento sustentável.

Newsletter