Feira de pirarucu sustentável do Médio Solimões acontece em Manaus nesta sexta (5)

3 de outubro de 2018 - População poderá comprar diretamente com os pescadores peças como filé, ventrecha e manta. Ação contribui para a pesca manejada e geração de renda às famílias.

 

O manejo do pirarucu em Unidades de Conservação (UC) do Amazonas é, hoje, uma das atividades mais importantes para o desenvolvimento sustentável e a geração de renda de comunidades ribeirinhas no Estado. O pescado oriundo dessas atividades, inclusive, já chega à mesa dos amazonenses através das feiras de pirarucu promovidas pelos pescadores em parceria com a Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e Fundo Amazônia/BNDES.

Nesta sexta-feira (5), a partir das 7h, acontece mais uma edição da feira, na sede da FAS, na rua Álvaro Maia, 351, bairro Parque Dez, na Zona Centro-Sul da capital promovida pela Associação de Moradores e Usuários da Reserva Mamirauá (Amurmam) com apoio da FAS. Serão comercializados, pelos pescadores, pirarucus oriundos de rios e lagos localizados dentro da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Mamirauá, na zona rural de Fonte Boa, a 678 quilômetros de Manaus, na região do Médio-Solimões.

Peças de pirarucu como carcaça, ventrecha e cortes de filé estarão disponíveis a preços de R$ 5, R$ 14 e R$ 18, respectivamente. A venda de peixes diretamente com os pescadores contribui para estimular o crescimento da pesca manejada dentro das Unidades de Conservação e gera renda direta às famílias, por não exigir a atuação de atravessadores e distribuidores. Todo o lucro do comércio de pirarucu na feira fica com os pescadores, estimulando o comércio justo e empoderamento comunitário.

Além disso, toda a ação tem autorização do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), com apoio do Programa Bolsa Floresta (BPF), por meio do Fundo Amazônia/BNDES.

Pirarucu ‘online’

Além da tradicional feira física de pirarucu na FAS, os apaixonados pelo sabor do pescado amazônico agora terão uma novidade, um canal para comprar pirarucu diretamente com os pescadores. É a loja virtual de pirarucu, que será lançada também nesta sexta (5) através de uma parceria entre a Fundação Amazonas Sustentável e a startup Onisafra.

É isso mesmo. Pela internet, no site da Onisafra, onde já funciona uma loja virtual para venda de produtos regionais como frutos e hortaliças, será disponibilizado um canal para vender pirarucu. O cliente acessa o site, solicita a quantidade de pirarucu desejada, efetua a compra no cartão de crédito e retira a mercadoria em local e data marcados. A ponte entre o cliente, a Onisafra e os pescadores é feita pela FAS. Saiba mais no site.

 

Serviço

 

O quê: Feira do Pirarucu da FAS

Quando: sexta-feira, 5 de outubro, a partir das 7h

Onde: rua Álvaro Maia, 351, bairro Parque Dez, na Zona Centro-Sul

Newsletter