FAS está entre as melhores ONGs do Brasil pelo segundo ano seguido

6 de novembro de 2018 - Fundação concorreu com 1700 organizações de várias regiões do Brasil

 
Colaboradores da FAS celebraram prêmio nesta segunda-feira (05) | Foto: Felipe Irnaldo

A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) figura pelo segundo ano seguido entre as melhores organizações não-governamentais do Brasil, segundo o Prêmio Melhores ONGs de 2018, realizado pelo Instituto Doar. Com mais de 1700 instituições inscritas, o concurso reconhece organizações de todo o país que se destacam pela transparência e gestão nas suas atuações, em avaliação conjunta com a Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP).

Este é o segundo ano em que a FAS está entre as melhores: a Fundação foi considerada a melhor ONG da região norte do Brasil em 2017. O ano também marca a 21ª auditoria aprovada sem ressalva pela Pricewaterhouse & Coopers (PwC), feito repetido pelo 10º ano seguido.

“Esse prêmio reconhece tudo o que vem sendo feito em prol das comunidades ribeirinhas, pelo desafio que é levar projetos e novas perspectivas para as comunidades mais distantes da Amazônia e contribuir para manter a floresta em pé”, destacou o presidente do Conselho de Administração da FAS, Benjamin Sicsú.

Participaram do concurso instituições de todas as regiões do Brasil, entre associações de caridade, organizações da sociedade civil, institutos e fundações filantrópicas. Foram contempladas pela iniciativa 100 instituições, segundo avaliação de critérios como causa e estratégia de atuação, responsabilidade, gestão, financiamento, comunicação e prestação de contas.

“Essa conquista é algo que nos enche de alegria e motivação para seguir trabalhando na direção de desenvolver e implementar soluções para o desenvolvimento sustentável da Amazônia. Ela é voltada para nossos colaboradores, parceiros e principalmente beneficiários, que valorizam a floresta em pé por meio de iniciativas sustentáveis”, explica o superintendente-geral da FAS, Virgilio Viana.

Completando 10 anos em 2018, a FAS tem por missão contribuir para a conservação ambiental da Amazônia por meio da valorização da floresta em pé, da biodiversidade, e da melhoria de qualidade de vida dos povos da floresta.

Para isso, implementa ações em comunidades tradicionais e indígenas do Amazonas, levando iniciativas de geração de renda de forma sustentável, empoderamento comunitário, melhoria de qualidade de vida, saúde e educação, bem como conhecimento sobre a importância do desenvolvimento sustentável para comunidades ribeirinhas. Junto com diversos parceiros, beneficia cerca de 40 mil pessoas.

A lista completa de ONGs está disonível no site www.melhores.org.br

Newsletter