Estudantes da rede pública de Manaus são avaliados por software desenvolvido por SIDIA e FAS

19 de dezembro de 2018 - Nesta terça-feira, dia 18, técnicos das instituições e escolas participantes se reuniram para conferir os resultados do EDK, ferramenta capaz de aplicar avaliações de ensino no modo off-line

 
Aplicativo avaliou mais de 1 mil crianças da capital

Nesta terça-feira, dia 18, profissionais do Sidia, Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e Semed – Manaus (Secretaria Municipal de Educação de Manaus) se reuniram para apresentar os resultados das aplicações feitas pelo projeto EDK em 13 escolas da rede pública de Manaus nesse ano. Também estavam presentes professores das instituições de ensino participantes. O projeto contou com a colaboração da Divisão de Avaliação e Monitoramento (DAM) e da Divisão de Ensino Fundamental (DEF) da Semed – Manaus.

O EDK é uma plataforma de diagnóstico educacional infantil capaz de aplicar avaliações de ensino no modo off-line e entregar resultados imediatos. No total foram avaliados 1008 alunos de Manaus. Com as informações obtidas nas avaliações, os professores estarão prontos para planejar uma intervenção pedagógica qualificada, oferecendo um reforço em cada habilidade destacada.

O resultado das provas pelo Programa de Gestão da Alfabetização (PGA) apontou que apenas 11% dos estudantes estão aptos a identificar figuras planas e 20% aptos a resolver problemas que envolvem subtração. Já a Avaliação de Desempenho Estudantil (ADE) apontou que apenas 39% dos estudantes estão aptos a resolver problemas que envolvem multiplicação, por exemplo. Todos os professores receberam o relatório impresso e tem acesso a plataforma para obter mais detalhes sobre as 33 habilidades aferidas em cada prova.

O EDK permite criar e aplicar qualquer avaliação em formato digital, através de tablets. A correção é instantânea e os dados são salvos na nuvem, onde gestores e professores podem acessar, via web, relatórios inteligentes que os ajudam a identificar a dificuldade de cada aluno baseado no resultado obtido. Os relatórios trazem uma visão atual das habilidades do aluno a partir de uma matriz de referência.

Sem a ajuda de ferramentas como o EDK, elaborar, aplicar e corrigir avaliações como Prova Brasil ou ANA e posteriormente criar relatórios manualmente a partir dos resultados são tarefas extremamente exaustivas, que envolvem muitas pessoas e podem não ser tão eficazes devido a demora de entregar o diagnóstico.

“O objetivo deste projeto é dar uma pequena contribuição para solucionar o grande problema no sistema de educação do Brasil. De acordo com a Unesco, em 2013, apenas 3,6% dos alunos da rede pública concluíram o ensino fundamental com habilidades avançadas em leitura. Queremos que esta ferramenta dê poder ao professor, mapeando as dificuldades dos alunos para que crie intervenções pedagógicas personalizadas.” ressalta Ronaldo Mussa, gerente de produtos de Solutions & UX no Sidia.

Atualmente, o projeto está na terceira fase e já beneficiou mais de 1.364 alunos da rede pública. A SEMED e FAS colaboram com a criação de novos módulos e o próximo passo é ampliar seu uso em outros estados que tenham as mesmas dificuldades através das secretarias de educação e outros parceiros.

Para mais informações sobre o projeto acesse: http://edk.sidialab.com/.

Sobre o Sídia

O Sidia Instituto de Ciência e Tecnologia é um centro de pesquisa, desenvolvimento e inovação, sediado em Manaus, Amazonas – Brasil, responsável por implementar soluções digitais inovadoras para o mercado local e global.

Criado em 2004, atua no desenvolvimento e qualidade de software embarcado para celulares, tablets, novas tecnologias vestíveis (wearables) e smart TVs, aplicações para óculos de realidade virtual, realidade aumentada, inteligência artificial e criação de games de classe mundial.

O SIDIA é uma entidade privada formada por pessoas incríveis, das mais variadas formações intelectuais e culturais, com diferentes visões de mundo e apaixonadas por inovação: nosso DNA! É este potencial humano aliado à tecnologia que nos move a contribuir para uma sociedade melhor, tornando a vida das pessoas muito mais fácil e divertida.

Sobre a FAS

A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) é uma organização brasileira sem fins lucrativos, sem vínculos político-partidários, que tem por missão contribuir para a conservação ambiental da Amazônia por meio da valorização da floresta em pé, da biodiversidade e da melhoria de qualidade de vida dos povos da floresta. Seus programas beneficiam cerca de 40 mil pessoas em 16 Unidades de Conservação (UC) do Estado, com iniciativas de geração de renda, empoderamento comunitário, melhoria social, bem como conhecimento sobre o a importância do desenvolvimento sustentável.