FAS e projetos apoiados pela Petrobras plantam 4,6 mil mudas de espécies ameaçadas em todo o Brasil

17 de julho de 2019 - No Amazonas, 300 mudas de castanheira, cacau, açaí, cupuaçu e acerola foram plantadas na comunidade Punã, na RDS Mamirauá, zona rural de Uarini

 
Espécies ornamentais, medicinais, de importância florestal e frutífera foram plantadas | Foto: Divulgação

A Fundação Amazonas Sustentável (FAS), em conjunto com 17 projetos patrocinados pela Petrobras, plantaram nesta quarta-feira (17) cerca de 4,6 mil mudas de espécies ameaçadas em várias regiões do país. O Projeto Amazonas Sustentável, desenvolvido pela FAS, foi responsável pelo plantio de 300 mudas de espécies nativas da Amazônia, na comunidade Punã, na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Mamirauá, zona rural de Uarini. Dentre as mudas plantadas estão espécies ornamentais, medicinais, de importância florestal e frutífera como castanheira, cacau, açaí, cupuaçu e acerola.

A iniciativa faz parte uma ação em rede que é resultado da integração de projetos patrocinados pela Petrobras, a maioria da linha Florestas e Clima, por meio do Programa Petrobras Socioambiental.

Dia da Proteção das Florestas

Na cultura popular brasileira, a proteção das florestas é personificada na figura mística do Curupira, um espírito mágico que habita as florestas e ajuda a protegê-la da invasão e ataque de pessoas má intencionadas. Por este motivo, o dia 17 de julho também é considerado o Dia do Curupira, o “protetor das florestas”.

Nesta data muitas ações práticas são realizadas para mostrar à população os perigos que aguardam a humanidade caso não seja feito algo para proteger as florestas. Reforça-se a importância da proteção das florestas não só para a regulação do clima, mas também para a manutenção da vida no planeta. O evento envolve crianças, adolescentes, jovens, universitários, pessoas com deficiência, comunidades tradicionais e povos indígenas e visa a sensibilizar as pessoas sobre a importância das florestas.

Os projetos envolvidos nesse esforço coletivo acreditam que envolver as pessoas em ações como esta é fundamental para sensibilizá-las e conscientizá-las sobre a sua relação com a natureza e a importância da preservação e recuperação das florestas. Esta ação conta com uma campanha digital nas redes sociais dos projetos participantes com a hashtag #florestaseclima e #juntospelomeioambiente.

Espaço Pequenos Curupiras

Alinhado à esta comemoração, também foi realizada na comunidade Punã uma edição do “Espaço Pequenos Curupiras”, um projeto de educação ambiental da FAS voltado para crianças de 4 a 12 anos com atividades lúdicas envolvendo materiais da floresta como sementes, folhas e flores.

Projeto Amazonas Sustentável

Desenvolvido por meio de uma parceria com a Petrobras, o Projeto Amazonas Sustentável é desenvolvido pela FAS, e busca levar ações de empreendedorismo sustentável, educação e cidadania para cerca de 2,4 mil moradores de cinco unidades de conservação do Amazonas. Participam do projeto as Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Mamirauá, Uacari, Rio Negro, Reserva Extrativista (Resex) Catuá-Ipxuna e Área de Proteção Ambiental (APA) Rio Negro.

Newsletter