riverside community in the RDS Uatumã gets new tourist resort

11 th August 2019 - Pousada delivered through the foot in Forest Notice, with funds from the Amazonas Sustainable Foundation (FAS) and Amazon Fund, It promises to be an alternative income generation for local people

 
Empreendimento está localizado na comunidade São Francisco do Caribi| Photo: Divulgação FAS

Residents of Sustainable Development Reserve (Reserve) do Uatumã agora tem uma nova alternativa para impulsionar o turismo local e o crescimento econômico sustentável. Sonho antigo dos ribeirinhos da região, a Pousada Paraíso do Uatumã foi entregue neste sábado (10) by the Amazonas Sustainable Foundation (FAS) e Governo do Amazonas, com apoio financeiro do Fundo Amazônia/BNDES. A cerimônia contou com a presença do governador Wilson Lima.

Localizada na comunidade de São Francisco do Caribi, within the Sustainable Development Reserve (Reserve) do Uatumã, in Itapiranga (a 331 quilômetros da capital), a pousada é um empreendimento turístico sustentável e está inserida no projeto de incentivo a alternativas de geração de renda para populações que vivem dentro de Unidades de Conservação (UC) do estado, in partnership with the Secretary of State for the Environment (Sema).

Esse é um empreendimento feito pela própria comunidade, em uma Reserva de Desenvolvimento Sustentável localizada ao longo do rio Uatumã. Já é a décima pousada feita dentro desse modelo em que os administradores são os moradores e tudo isso é revertido em forma de benefício para esses cidadãos. É um modelo que nós queremos levar para outras regiões do estado, levando em conta o potencial de cada uma delas. Here, o potencial é a atividade turística, principal atividade econômica desses moradores”, destacou o governador Wilson Lima.

Financing

A pousada foi financiada com recursos do Fundo Amazônia/BNDES. A entrega contou com a presença da primeira-dama do Estado, Taiana Lima; do secretário da Sema, Eduardo Taveira; do superintendente-geral da FAS, Virgilio Viana, além dos deputados estaduais Joana Darc, Terezinha Ruiz e Saullo Viana.

Aliar conservação ambiental com desenvolvimento econômico e também com a valorização das pessoas é o critério para o desenvolvimento sustentável. Isso envolve um ecossistema importante para a melhoria da qualidade de vida das pessoas com conservação ambiental. A estratégia é manter a pessoa aqui, na unidade de conservação, fazendo com que ela seja bem sucedida. Trazer políticas públicas para que elas possam ficar aqui é um compromisso que o governo tem de ter e proporcionar esse impacto positivo na vida das pessoas”, destacou o secretário da Sema, Eduardo Taveira.

Para a líder do Governo na Assembleia Legislativa do Estado e presidente da Comissão de Meio Ambiente da ALE-AM, Mrs Joana Darc, empreendimentos como esse são importantes para a conservação do ecossistema. “On 2018, visitaram as comunidades que estão no entorno do Uatumã mais de 1.400 people, que gastaram aqui R$ 5 million, dinheiro investido para a melhoria das famílias, para o desenvolvimento econômico, mas, acima de tudo, for sustainable development. Quando a gente consegue trazer renda para as comunidades, a gente consegue manter a floresta em pé e os nossos rios preservados na prática”, afirmou Joana Darc.

Conquista histórica

A presidente da Associação Agroextrativista das Comunidades da RDS Uatumã, Cleide Oliveira Ferreira, disse que este momento se trata de uma conquista histórica. “Não imaginam como isso é importante para todos nós, principalmente para os moradores da própria comunidade. É um sonho deles, e como a associação é parceira, queríamos ver esse sonho realizado. Para a gente, é muito gratificante e nós só temos a agradecer às pessoas que nos apoiaram e nos ajudaram”, disse Cleide.

O turismo de base comunitária tem um potencial enorme no Amazonas, pois além de beneficiar as famílias que participam, ajuda a valorizar a floresta em pé, e esse é um dos objetivos do Edital Floresta em Pé. Are 17 projetos apoiados em todo o Amazonas, com apoio do Fundo Amazônia/BNDES e Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema)”, said the general superintendent of FAS, Virgilio Viana.

O programa se chama Edital Floresta em Pé, primeira chamada pública que a FAS pode incentivar empreendimentos locais. Nós estamos contemplando 17 projetos em 11 municipalities of the state of Amazonas, que abarcam 11 cadeias produtivas diferentes. Esse aqui, in particular, trata-se de turismo de base comunitária que vem para reforçar o turismo de pesca esportiva na área”, explicou a coordenadora de editais da FAS, Mickela Souza.

Iniciado em 2017 pela FAS com apoio da Fundo Amazônia/BNDES e Governo do Amazonas, the notice received 181 registrations, evaluated by an independent committee that selected the projects 17 able to receive the contributions of around R $ 150 a thousand. Since then, além do investimento em ações estruturantes, a FAS fornece monitoramento e assessoria em gestão de projetos junto às organizações.

About the Amazonas Sustainable Foundation (FAS) – The Amazonas Sustainable Foundation (FAS) é uma organização brasileira sem fins lucrativos, sem vínculos político-partidários, que tem por missão contribuir para a conservação ambiental da Amazônia por meio da erradicação da pobreza e redução do desmatamento. Seus programas beneficiam cerca de 40 thousand people in 16 Conservation Units (UC) do estado, com iniciativas de geração de renda, community empowerment, melhoria social, bem como conhecimento sobre o a importância do desenvolvimento sustentável. Mais informações em www.fas-amazonas.org

 

Newsletter