No Dia da Amazônia, organizações lançam fundo para implementar soluções práticas de conservação da região

5 de setembro de 2019 - Objetivo é captar recursos para investir em programas e projetos a longo prazo tanto de conservação como desenvolvimento sustentável e melhoria de qualidade de vida de populações

 
Soluções definitivas e permanentes para conservar a floresta | Foto: Clovis Miranda

A Amazônia está em estado de emergência. O crescimento do desmatamento e dos incêndios florestais pode ocasionar um colapso ecológico com consequências globais. Para evitar isso, um conjunto de organizações amazônidas lança nesta quinta-feira, 5 de setembro, no Dia da Amazônia, o fundo digital Friends of the Amazon, ou Amigos da Amazônia, onde pessoas ou instituições em qualquer lugar do mundo podem fazer doações para a conservação da região.

Gerido por um grupo de instituições parcerias, entre elas a Coordenação das Organizações Indígenas da Bacia Amazônica (COICA), a Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (SDSN Amazônia) e a Fundação Amazonas Sustentável (FAS), o fundo tem a pretensão de receber doações e captar recursos para implementar e expandir por toda a região soluções definitivas e permanentes para conservar a floresta, desenvolver sustentavelmente e melhorar a qualidade de vida de populações tradicionais.

Os recursos arrecadados do fundo Friends of the Amazon deverão ser utilizados para a execução de um conjunto de ações e iniciativas em larga escala e a longo prazo, com base em projetos bem-sucedidos e já aplicados na Amazônia e que alcançaram resultados positivos na redução do desmatamento e na erradicação da pobreza, com o propósito final de evitar uma catástrofe ambiental na região. Tais práticas que deram certo serão replicadas e ampliadas com intenção de proteger os direitos e as culturas dos povos indígenas e tradicionais que habitam a região.

Uma das estratégias principais é justamente aumentar o alcance de projetos de sucesso já implementados na região, como os executados pela FAS para geração de renda e empoderamento comunitário que, desde 2008, beneficiam aproximadamente 40 mil pessoas que moram em 11 milhões de hectares de Unidades de Conservação no Amazonas. Nessas áreas a redução do desmatamento alcançou 63% em dez anos e a renda média das famílias aumentou 244%.

Utilizando redes bem estabelecidas e parceiros reconhecidos, como a COICA e a rede SDSN-Amazonia, que mobilizam cerca de 600 organizações de vários países da Amazônia, o fundo pretende promover e aperfeiçoar as melhores práticas para desenvolver sustentavelmente outras áreas, comunidades e territórios pela Amazônia.

Transparência e tecnologia blockchain

Desenvolvido com a tecnologia da Welight, um instituto de inovação socioambiental, em parceria com a IBM, o fundo deverá funcionar por meio de uma plataforma de doações online, onde a gestão financeira fica sob responsabilidade do conjunto de instituições reconhecidas já mencionadas e as estratégias de investimento serão por um conselho formado por especialistas com experiência e know-how, mesclando pesquisadores, lideranças indígenas e tradicionais, além de doadores.

O fundo e todo o seu ecossistema deverá ser gerido nesta plataforma colaborativa e descentralizada em blockchain, isto é, os recursos serão rastreados e associados diretamente à indicadores de resultados, aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e a evidências de impacto na área de atuação. Os doadores poderão, inclusive, acompanhar como os recursos serão investidos, além do impacto gerado na ponta.

Saiba como doar

Lançado oficialmente nesta quinta, 5 de setembro, Dia da Amazônia, o fundo Friends of the Amazon possui um site oficial, https://www.amigosdaamazonia.fund/, onde é possível fazer doações e participar da nova estratégia de conservação da região. Por meio do fundo, os doadores vão poder se juntar à coalizão de parceiros e aderir a outros tipos de colaboração. Para participar é necessário preencher um formulário no site e enviar para o endereço eletrônico weare@friendsoftheamazon.fund. Também será possível acessar a plataforma de doações por e-commerce e via QRcode.

Newsletter