Demonstrações financeiras da FAS são aprovadas sem ressalvas pela 23ª vez

7 de outubro de 2019 - Contas da fundação são semestralmente auditadas pela PricewaterhouseCoopers (PwC), uma das maiores empresas do mundo em serviços de auditoria e consultoria

 
Sede da FAS | Foto: Felipe Irnaldo

A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) teve as suas demonstrações financeiras do primeiro semestre de 2019 aprovadas sem ressalvas pela PricewaterhouseCoopers (PwC), uma das maiores empresas do mundo em serviços de auditoria e consultoria. Desde 2008, é a 23ª auditoria consecutiva e independente nas contas da organização. Por meio de ações que valorizam as pessoas que vivem na floresta, a FAS ajuda a conservar 10,9 milhões de hectares em Unidades de Conservação no Amazonas, beneficiando 39.462 ribeirinhos e indígenas. Confira aqui a íntegra das demonstrações financeiras.

De acordo com os procedimentos internos de prestação de contas da Fundação Amazonas Sustentável, a administração prepara as demonstrações financeiras em conjunto com o escritório de contabilidade JBL. Depois, tais demonstrações são submetidas à PwC.

Após aprovados pela auditoria da PwC, os documentos são analisados pelo Conselho Fiscal e pelo Conselho de Administração da FAS. Anualmente, as demonstrações financeiras também são submetidas ao Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM).

“Temos há mais de 11 anos a missão de prover a gestão administrativa e financeira da FAS. Estar com a PwC também nestes 11 anos, sempre com a contabilidade aprovada sem ressalvas, reflete o resultado da seriedade de nosso trabalho, dedicado e apaixonado em todas as frentes, com benefício para as populações ribeirinhas do Amazonas, com reflexos para a Amazônia e para todo o planeta”, ressaltou Luiz Villares, superintendente administrativo da FAS.

A divulgação das demonstrações financeiras da FAS é uma política da organização, que preza por assegurar a máxima transparência na gestão e na prestação de contas. Atualmente, a Fundação Amazonas Sustentável desenvolve projetos em 581 comunidades de 16 Unidades de Conservação (UC) no Estado do Amazonas, levando ações de geração de renda, empoderamento comunitário, educação e cidadania para cerca de 9.400 famílias.

Newsletter