Nota de pesar: Lázaro Brandão, ex-presidente do Bradesco

16 de outubro de 2019 - Lázaro de Mello Brandão, de 93 anos, foi presidente do Bradesco e do conselho de administração do banco, um dos principais mantenedores das ações promovidas pela FAS

 
Lázaro Brandão | Foto: Reprodução/Germano Luders/EXAME/Dedoc

A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) vem a público manifestar pesar pelo falecimento de Lázaro de Mello Brandão, ex-presidente do Bradesco e do conselho de administração do banco, e que é um dos principais mantenedores das ações promovidas pela FAS de conservação ambiental, desenvolvimento sustentável e melhoria de qualidade de vida de populações que vivem nas Unidades de Conservação (UC) do Amazonas.

Falecido nesta quarta-feira (16) em São Paulo (SP), aos 93 anos de idade, “Seu Brandão”, como era conhecido, dedicou mais de 75 anos de vida ao banco, 36 deles no alto comando. Ele deixou a presidência do conselho do Bradesco no final de 2017, mas ainda atuava como presidente das empresas controladoras do Bradesco.

Economista e administrador de empresas, começou a trabalhar em 1942, aos 16 anos, logo na fundação da Casa Bancária Almeida & Cia, que deu origem a um dos maiores bancos privados do país. Ele deixa mulher, duas filhas e um neto.

Newsletter