Pirarucu manejado da RDS Mamirauá será vendido na 41ª Expoagro até domingo (6)

2 de outubro de 2019 - A principal feira agropecuária do Amazonas acontece na área externa da Universidade Nilton Lins, em Manaus. Comercialização do peixe também vai ocorrer no domingo (6) na Feira da FAS

 
Foto: Dirce Quintino

De quinta-feira (3) a domingo (6), quem for à 41ª Feira de Exposição Agropecuária do Amazonas, a Expoagro, na área externa da Universidade Nilton Lins, em Manaus, ou comparecer à Feira da FAS, na sede da Fundação Amazonas Sustentável, no domingo (6), poderá comprar pirarucu manejado da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Mamirauá, oriundo dos rios e lagos da região do Médio-Solimões, na zona rural de Fonte Boa, município a 678 quilômetros de Manaus

O pescado, que é excedente da feira do pirarucu que aconteceu no último final de semana na sede da FAS, foi acrescido de mais uma tonelada de peixe, totalizando quatro toneladas à disposição do público. A venda fomenta a cadeia produtiva do pirarucu e gera renda direta aos pescadores. “Vendemos três toneladas e sobrou três. Agora chegou mais e tem em torno de quatro toneladas para vender. A expectativa é vender tudo”, explica Elinaldo Gonçalves, pescador da comunidade Copianã, da RDS Mamirauá.

Os peixes serão vendidos tanto na Expoagro como a Feira da FAS a preços de R$ 5 o quilo da carcaça, R$ 14 o quilo da ventrecha, R$ 17 o quilo da manta e R$ 22 o quilo do filé. “A Expoagro é uma feira grande. Vai ser nossa primeira vez lá e a nossa expectativa é vender tudo até domingo. Vender tudo tanto na feira agropecuária como na Feira da FAS, que já tradicional”, completou Elinaldo. Serão aceitos pagamentos em dinheiro, cartão de débito e crédito

Floresta em Pé

Os pescadores saíram das comunidades ribeirinhas para vender o próprio peixe em Manaus sem a participação de atravessadores e/ou distribuidores, ou seja, fomentando um comércio justo, em que o lucro da venda fica com os pescadores. Tais ações de incentivo à cadeia produtiva do pirarucu são possíveis por meio do Programa Floresta em Pé, antigo Programa Bolsa Floresta, uma política pública de pagamentos por serviços ambientais, com recursos do Fundo Amazônia/BNDES.

“O objetivo é promover o manejo do pirarucu e o comércio justo, aproximar o comprador dos manejadores e fazer com que os pescadores tenham oportunidade de oferecer seus produtos em Manaus sem a participação de atravessadores ou distribuidores”, ressalta Edvaldo Corrêa, coordenador da Regional Solimões do Programa Floresta em Pé. “O lucro fica todo com eles. Comprando peixe deles, os clientes e apreciadores de pirarucu ajudam a cadeia produtiva do manejo”.

O pirarucu comercializado na Expoagro e na Feira da FAS é oriundo do setor Solimões do Baixo, uma região dentro da RDS Mamirauá coordenada pela Associação de Moradores e Usuários da RDS Mamirauá Antônio Martins (Amurmam). O manejo e a comercialização têm autorização do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e acontece no prazo estabelecido pela legislação ambiental.

41ª Expoagro

A 41ª Feira de Exposição Agropecuária do Amazonas, a Expoagro, acontece de quinta (3) a domingo (6) na área externa da Universidade Nilton Lins, no conjunto Parque das Laranjeiras, bairro Flores. Organizada pelo Governo do Amazonas, Secretaria de Estado de Produção Rural e Sustentabilidade (Sepror), a Expoagro é o maior evento agropecuário do Estado com uma programação que inclui exposições, rodadas de negócios, palestras, cursos, culinária e atrações musicais. A FAS também estará com stand no evento.

Feira da FAS

A Feira da FAS acontece mensalmente na sede da fundação, em Manaus, na rua Álvaro Braga, 351, Parque Dez, com a proposta de oferecer à população a experiência de consumir produtos diretamente de quem faz, fomentando um ciclo de sustentabilidade e estimulando a economia verde e criativa. São expositores diversos de itens e serviços desde artesanato a design, moda, beleza, decoração, jardinagem, livros, dança, yoga, teatro, música, gastronomia, produtos orgânicos, veganos e o pirarucu manejado. A entrada é gratuita.

Serviço

O quê: feira do pirarucu manejado na 41ª Expoagro
Quando: quinta (3) e domingo (6)
Onde: área externa da Universidade Nilton Lins, na av. Prof. Nilton Lins, 3259, conjunto Parque das Laranjeiras, bairro Flores

O quê: feira do pirarucu manejado na Feira da FAS
Quando: domingo (6)
Onde: sede da FAS, na rua Álvaro Braga, 351, Parque Dez

Newsletter