Cestas regionais com pirarucu, farinha e açaí de comunidades são opção para diversificar ceias de Natal : FAS Amazonas
16/12/2019
Geração de renda | Notícias

Cestas regionais com pirarucu, farinha e açaí de comunidades são opção para diversificar ceias de Natal


À venda na internet com entrega para toda Manaus, combos com produtos oriundos da floresta são alternativa nas festas de fim de ano e até como sugestão de presente. Saiba como adquirir

Já imaginou uma ceia de Natal bem diferenciada e regional, juntando o sabor do pirarucu com a deliciosa farinha de Uarini e o poderoso açaí amazônico? É possível! Cestas de Natal regionais com esses produtos vindos da floresta estão à venda na internet e são opção para diversificar o cardápio nas ceias durante as festas de fim de ano e até como sugestão de presente.

Fruto de uma parceria entre comunidades ribeirinhas, a Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e a startup Onisafra, que já vende na internet produtos orgânicos e naturais, as cestas de Natal regionais são compostas por quantidades variadas de pirarucu manejado da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Mamirauá, da farinha “A Ribeirinha” produzida na região de Uarini, também da RDS Mamirauá, e do açaí “Tupã”, feito na RDS Uacari.

Ao todo são quatro combos de cestas de Natal regionais, que variam de R$ 99,90 a R$ 179. A cesta “Tupã” traz dois quilos de filé de pirarucu, dois quilos de farinha e dois litros de açaí “Tupã”. A cesta “Ribeirinha” leva quatro quilos de filé de pirarucu e dois quilos da farinha. A cesta “Cabocla” vem com quatro quilos de filé pirarucu e três litros de açaí. A mais completa, a cesta “Açu”, reúne quatro quilos de pirarucu, três quilos de farinha e dois litros de açaí.

Todas as cestas são vendidas on-line na loja virtual da Onisafra, por meio de uma parceria com a FAS e as comunidades. O consumidor acessa o site onisafra.com/manaus/#feiradopirarucu, escolhe o combo desejado, efetua a compra e recebe tudo em casa, sem perder tempo em filas e ainda na comodidade do lar. As cestas são limitadas, mas entregues a toda Manaus. As dez primeiras pessoas a comprarem ganham camisas oficiais da Feira do Pirarucu da FAS.

A comercialização virtual dessas cestas é uma alternativa econômica para as cadeias produtivas do pirarucu, da farinha e do açaí apoiadas pela FAS por meio do Programa Floresta em Pé e geram renda às famílias. “Ao adquirir esses produtos você está ajudando o meio ambiente e incentivando o desenvolvimento sustentável dessas comunidades”, explica Wildney Mourão, coordenador de Empreendedorismo da FAS.

Floresta em Pé

Floresta em Pé é o programa da FAS de desenvolvimento sustentável de comunidades ribeirinhas e indígenas que vivem em Unidades de Conservação (UC), em cooperação estratégia com o Governo do Amazonas, por meio de incentivo a cadeias produtivas e à geração de renda. O programa, que é uma política pública e recebe recursos do Fundo Amazônia/BDNES, também funciona com pagamentos por serviços ambientais às populações que cuidam das florestas.

Pirarucu na feira

Além da venda virtual do pirarucu manejado da RDS Mamirauá dentro das cestas de Natal regionais, ainda é possível comprar só o pescado diretamente na feira física que acontece na sede da FAS, na rua Álvaro Braga, 351, Parque Dez. A última feira oficial aconteceu até domingo (15), mas ainda restam duas toneladas de pirarucu fresco disponíveis enquanto durar o estoque.

Serviço

O quê: Cestas de Natal regionais com pirarucu, farinha e açaí são opção para diversificar cardápio nas ceias
Onde: onisafra.com/manaus/#feiradopirarucu