Transparência : FAS Amazonas

Como Funciona

A transparência é um dos pilares do trabalho e compromisso da FAS. As atividades financeiras dos projetos são registradas e processadas com uso de sistemas internos em constante desenvolvimento. As demonstrações financeiras são analisadas semestralmente pelos auditores independentes da PricewaterhouseCoopers (PwC) Brasil.

A auditoria independente tem como objetivo expressar uma opinião sobre as demonstrações financeiras da FAS de acordo com normas brasileiras e internacionais relacionadas a entidades de terceiro setor.

Os resultados da auditoria da PwC Brasil são analisados pelo Conselho Fiscal da instituição. Após a aprovação dessa instância, cabe ao conselho de administração a aprovação do relatório da execução financeira e orçamentária da Fundação. Com a aprovação interna, a prestação de contas é submetida ao Ministério Público Estadual (MPE-AM), a quem legalmente compete a fiscalização das atividades de entidades não governamentais como a FAS.

Em 2018 a FAS passou pela sua 22ª auditoria sem ressalvas. As demonstrações financeira dos meses de 2018 foram verificadas, incluindo o balanço patrimonial, demonstração do resultado, as mutações do patrimônio líquido e os fluxos de caixa; e, muito relevante, todas as notas explicativas anexas às demonstrações financeiras, contendo detalhes de suas contas e políticas contábeis.

Tal resultado positivo indica a transparência e a responsabilidade da FAS em aplicar as próprias finanças junto a ações e entidades com alto grau de confiança, responsabilidade social e boas práticas de sustentabilidade. Desde 2008 as contas da FAS são revisadas pela PwC.

Os valores históricos de eficiência de gastos (proporção entre área meio e área fim) sempre estiveram abaixo de 25% do orçamento realizado.