FAS é selecionada por campanha de League of Legends para etapa de votação popular : FAS Amazonas
14/04/2020
Outros

FAS é selecionada por campanha de League of Legends para etapa de votação popular


A Riot Games, distribuidora mundial de jogos para videogames, iniciou na sexta-feira, dia 10, uma votação popular para destinar recursos para projetos sociais. A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) é a única instituição da região norte na competição. 

14.04.2020 – Pode ser que, durante este período de quarentena em função do coronavírus, jogadores e jogadoras de videogames dediquem mais tempo para jogos. O que não seria uma surpresa já que mais da metade da população brasileira têm o hábito de jogar games eletrônicos, segundo pesquisas realizadas em 2019. Interessada em engajar seu público para causas sociais e ambientais, a Riot Games, desenvolvedora e distribuidora de jogos conhecida pelo League of Legends (LoL), abriu para votação popular a etapa final de um fundo que deve distribuir cerca de seis milhões de dólares para causas ao redor do planeta. 

A campanha Karma Emissária da Luz é uma das primeiras iniciativas que usa a plataforma de votos da Riot. De 10 a 23 de abril, os jogadores de LoL poderão fazer login no cliente do jogo e votar na @fasamazonas, que concorrem com outras duas instituições brasileiras. Quando a votação acabar, a organização local com mais votos receberá 50% da arrecadação regional. O Fundo de Impacto Social da Riot Games garante um mínimo de 10 mil dólares para cada organização sem fins lucrativos. Quem não é jogador também pode votar baixando o jogo no Google Play da LoL+.  

“A iniciativa da Riot Games mostra como é possível diversificar os canais de divulgação, utilizando a plataforma dos games, sensibilizando diferentes públicos ao redor do mundo para a causa da Amazônia, conciliando entretenimento e engajamento. No futuro, além de sermos tema das causas defendidas pela empresa, poderemos também inspirar histórias para esses jogos”, analisou André Ballesteros, Coordenador de Desenvolvimento Institucional e Parcerias da FAS. 

Em pesquisas com os jogadores e com a ajuda dos escritórios locais da Riot e da GlobalGiving , o Fundo de Impacto Social da Riot Games selecionou 46 parceiros sem fins lucrativos que são eficientes, impactantes e trabalham em causas importantes em suas comunidades locais. O valor dos fundos será calculado com base nas vendas proporcionais da campanha Karma Emissária da Luz em cada região.

“É uma honra saber que nossos jogadores são tão generosos. Dia após dia, eles mostram como se importam em melhorar o mundo e as comunidades onde vivem”, comenta Jeffrey Burrell, Chefe do (Impacto Social) da Karma na Riot Games. “Estamos comprometidos em encontrar novas formas de causar impactos positivos em escala global e local. Queremos muito ver toda a dedicação que colocamos no Fundo de Impacto Social beneficiando as pessoas ao redor do mundo!”

A Campanha de Caridade Karma Emissária da Luz segue a campanha Cho’Gath Estrela Negra do ano passado. Os jogadores doaram comprando uma skin feita por Bryan, uma criança da Fundação Make-A-Wish e jogador assíduo de League of Legends. Os jogadores arrecadaram mais de 6,1 milhões de dólares para mais de 20 organizações sem fins lucrativos ao redor do mundo, com cada organização recebendo um mínimo de 10 mil dólares.

A abertura da etapa de votação popular agitou os perfis da FAS nas redes sociais durante o último final de semana. As declarações de votação vieram das mais diversas regiões do Brasil, como foi o caso do gamer Odair Lima, estudante de engenharia da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Manaus também declarou seu voto à FAS. ”Eis que você entra para jogar LOL e se depara com votação. E o meu voto é com certeza na FAS”, disse a jornalista Dani Araújo no Instagram. 

Sobre a FAS

A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) é uma organização brasileira, não governamental, sem vínculos político partidários, que promove o desenvolvimento sustentável ao cuidar das pessoas que cuidam da floresta, como forma efetiva de conservação ambiental. Atua há 12 anos no Amazonas, beneficiando anualmente 39.467 pessoas que vivem em 581 comunidades ribeirinhas em áreas protegidas, promovendo ações de inovação, conservação e manejo de recursos naturais.