Gestão e Transparência : FAS Amazonas

A FAS é um ecossistema diverso, de ampla e intensa atuação, cuja movimentação requer que sejam adotados os mais altos padrões de gestão e transparência. Nossa imagem, reputação e efetividade são ativos e condições fundamentais para prosseguirmos em direção ao alcance de nossa missão e além. Isto é possível pela consolidação de uma estrutura organizacional que assegura a excelência na execução dos recursos aportados por financiadores e parceiros, assim como na sistematização de resultados e impactos junto ao público beneficiário.

Para apoiar a gestão estratégica, a interlocução e integração entre áreas meio e fim, além de apoiar a sistematização e disseminação do conhecimento e lições aprendidas, o Programa de Gestão e Transparência (PGT) foi concebido e consolidado a partir de 2018, atuando por meio de mecanismos e instâncias de gestão junto à comunidade interna, planejamento e avaliação de resultados de programas e projetos da FAS.

Os conceitos de liderança, estratégia e controle são adotados nas esferas estratégica, tática e operacional da FAS, visando a transversalização das ações de monitoramento da gestão, com vistas ao cumprimento da missão institucional. Neste sentido, vários membros do Conselho de Administração da FAS participam de ações estratégicas da FAS por meio de Comitês que se reúnem periodicamente. Nos níveis tático e operacional, são fomentados painéis e oficinas de interação entre colaboradores.

Os conceitos de liderança, estratégia e controle são adotados nas esferas estratégica, tática e operacional da FAS, visando a transversalização das ações de monitoramento da gestão, com vistas ao cumprimento da missão institucional. Neste sentido, vários membros do Conselho de Administração da FAS participam de ações estratégicas da FAS por meio de Comitês que se reúnem periodicamente. Nos níveis tático e operacional, são fomentados painéis e oficinas de interação entre colaboradores.

Essas instâncias possibilitam acompanhar os resultados e promover ajustes na condução de atividades. São elas:

  • Grupo de gestão: reuniões semanais de acompanhamento e gestão entre superintendência e lideranças de programas e projetos
  • Reuniões de Superintendência: encontros deliberativos quinzenais
  • Painel de captação: compartilhamento e avaliação das atualizações semanais da evolução das tratativas de captação em cursos
  • Painel de gestão: atualização e avaliação mensal dos painéis de indicadores de desempenho e gestão dos programas e projetos
  • Projetos estratégicos: encontros mensais de Superintendentes e equipe técnica que lidera projetos e temas estratégicos para fins de atualização e gestão;
  • Comitê estratégico: interação mensal de membros do Conselho de Administração com a equipe técnica que lidera projetos estratégicos de empreendedorismo e sustentabilidade;
  • Nivelamento de colaboradores: oficinas trimestrais de compartilhamento de avanços e desafios na implementação de programas e projetos, com apresentações padronizadas de todas as áreas, inclusive das superintendências.
  • Conselhos e comitê executivo: reuniões ordinárias trimestrais e presenciais para deliberações estratégicas da Fundação Amazonas Sustentável.
  • Oficina de planejamento e gestão: atividade de imersão anual com duração de uma semana e realizada em uma comunidade ribeirinha que envolve a participação de todos os colaboradores da FAS. Na atividade é discutido o planejamento anual e assuntos ligados à gestão e desenvolvimento de pessoas, processos e resultados.

A FAS possui um Planejamento Estratégico elaborado pela Bain & Company em 2017 e cujo horizonte considerado é 2030, coincidente com a Agenda 2030 dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), que orienta estratégias e melhorias nos processos de gestão. O PGT apoia o estabelecimento e atualização de metas, bem como o acompanhamento dos planos de implementação, com revisões bianuais.

O PGT também é responsável pelo estabelecimento de padrões metodológicos e apoia a padronização de fluxos e processos voltados para a coleta, sistematização, análise e disseminação de resultados e apoia a organização e descrição de metodologias de gestão. Essa atribuição permite conduzir e orientar a sistematização de conhecimentos, seja na organização de painéis de indicadores, seja na auditoria de resultados a serem publicados.

Como forma de apoio à gestão administrativo-financeira da FAS, o PGT possui equipe dedicada ao desenvolvimento de um sistema computacional para a gestão de operações, inteiramente adaptado às especificidades de operacionalizar grandes programas e projetos em regiões remotas da Amazônia, cuja logística e aspectos de transações de aquisições apresentam particularidades.

Outros sistemas de gestão são testados e ajustados para as necessidades das equipes técnicas e operacionais, especialmente a conversão de formulários de campo em formulários digitais que funcionam de maneira offline. E todos eles são voltados para a otimização das ações de monitoramento e avaliação de resultados e impactos da FAS.

Sistema FAS de gestão do trabalho remoto durante a crise do Coronavírus